Liga NOS. Penalti resolveu problema muito complicado

2ª jornada

Sporting 1 V.Setúbal 0

Golo: Bas Dost
MVP: Doumbia - Arnold Issoko

Os leões cumpriram a obrigação de vencer os sadinos, mas sofreram bastante para conquistar os três pontos, tendo apenas introduzido a bola na baliza num penalti convertido por Bas Dost.

O técnico Jorge Jesus apostou em Daniel Podence para fazer a ligação ao avançado holandês. A escolha só resultou nos primeiros 24 minutos. Na restante partida, o jogo ofensivo leonino passou por Marcus Acuña e Gelson Martins. Os dois extremos estiveram ao mesmo nível verificado na Vila das Aves, só que, a estratégia de Couceiro também funcionou e os dois baixaram de intensidade, sobretudo na segunda parte. 

A avalanche ofensiva do Sporting raramente produziu efeitos porque os centrais do V.Setúbal foram enormes. Bas Dost raramente tinha oportunidades. A entrada de Doumbia mexeu com o jogo já que libertou o holandês, embora as melhores situações de golo tivessem pertencido ao costa-marfinense. A próxima dor de cabeça do treinador leonino passa por escolher Podence ou Doumbia como companheiro de ataque de Bas Dost no desafio frente ao Steaua Bucareste.

Apesar de criar mais ocasiões de golo, a bola continuava a esbarrar nos centrais do V.Setúbal, sendo que, houve espaço para Gonçalo Paciência mostrar que estava presente na partida. Num erro infantil, Nuno Pinto comete grande penalidade sobre Dost permitindo ao Sporting vencer uma partida que esteve perto de ficar empatada. 

O grande mérito dos anfitriões passou por manter uma intensa pressão sobre o adversário durante 90 minutos, em particular depois das substituições.

Comentários

Mensagens populares