Liga Europa. Marselha justifica o regresso à glória europeia

Quartos-de-final
2ª Mão
 
Marselha 5 RB Leipzig 2
 
Golos: Ilsanker a.g, Sarr, Thauvin, Payet, Sakai - Bruma, Augustin

Os franceses estão perto da glória europeia depois de uma vitória fantástica sobre o Leipzig. O Marselha tinha um golo de desvantagem e ficou com dois devido a um golo de Bruma aos 2 minutos, o que poderia constituir o fim da esperança, mas a partir desse momento o Velódrome assistiu ao renascimento de um dos clubes mais importantes do continente.
 
A reviravolta no jogo deu-se apenas em 8 minutos, embora o placard pudesse ter sido ampliado aos 10 minutos se Mitroglou não tivesse feito falta sobre um adversário no exacto momento em que Dimitri Payet enviou uma bomba para a baliza de Gulacsi. Assim, os alemães puderam respirar mais um bocado, mas não por muito tempo porque o 3-1 que daria a passagem às meias-finais chegou ainda no primeiro tempo por Thauvin aos 38 minutos.
 
A vantagem justificava-se pela postura fantástica dos marselheses em campo. A velocidade de Lopez e Sarr aliaram-se à grande qualidade de Payet, Thauvin e Mitroglou. Contudo, o grego já não é o matador que encantou os adeptos benfiquistas, como se viu num remate ao lado com apenas o guarda-redes pela frente, além do número de faltas cometidas contra os defesas alemães.
 
O RB Leipzig voltou a marcar e a ganhar vantagem na única oportunidade da segunda parte por Augustin. A falta de ousadia penalizou a equipa que poderia aproveitar mais o desnorte da organização defensiva dos anfitriões como se provou nos últimos 15 minutos.Os avançados são bastante criativos e velozes, mesmo com a ausência de Timo Werner. Bruma realizou uma grande partida.
 
O Marselha tinha de voltar à exibição da primeira parte para marcar mais um golo. A reacção surgiu numa altura em que o adversário perdeu Sabitzer e Upamecano por lesão. Sarr também se lesionou no primeiro tempo. O herói da selecção francesa no Euro 2016 partiu a defesa contrária e marcou mais um grande golo, mas desta vez não houve qualquer irregularidade que impedisse a vantagem no jogo e na eliminatória.
 
O resultado aumentou para 5-2 no período em que o Leipzig tentou novamente empatar a eliminatória em mais um golpe de sorte.

Comentários