Other Languages

sábado, 14 de abril de 2018

Premier League. Manchester City retomou o caminho das vitórias após o quarto clássico consecutivo

34ª jornada

Tottenham 1 Manchester City 3

Golos: Eriksen - Gabriel Jesus, Gundogan, Sterling
MOM: Eriksen - Sterling

Os citizens recuperaram o bom futebol que os conduzirá ao título de campeão, nesta ronda ou na próxima. 

A pressão sobre os pupilos de Guardiola era enorme tendo em conta os últimos resultados perante adversários do mesmo calibre, todos de Inglaterra, embora em competições distintas. Contudo, no quarto jogo com exigência máxima, o técnico espanhol recorreu à primeira forma do 4x3x3 que utilizou durante a temporada com um ponta-de-lança e dois flanqueadores.

O Tottenham sentiu-se incapaz de ter a bola, mesmo jogando perante os adeptos, mas também não houve um sufoco inicial do City. O ritmo de jogo manteve-se lento durante muito tempo, havendo fases em que a bola circulava entre os defesas dos visitantes. 

A estratégia tinha aspectos venenosos já que o primeiro golo nasce de um aproveitamento do City face à subida da defesa do adversário. Vincent Kompany efectuou um lançamento longo praticamente desde a grande área para Gabriel Jesus fuzilar na cara de Lloris. Três minutos depois, Gundogan aumenta para 0-2 numa grande penalidade cometida pelo guardião francês.

O ataque dos Spurs não existiu durante 90 minutos, embora o golo de Eriksen tivesse dado uma ilusão do contrário aos adeptos que esperavam uma atitude diferente na segunda parte, o que não aconteceu por culpa da má forma dos jogadores fundamentais, nomeadamente Harry Kane.

A segunda fase de ascendente do City coincidiu com a saída de Dembelé e a entrada de Lucas Moura. Pochettino fragilizou ainda mais o meio-campo, que não deu qualquer sinal no plano ofensivo. 

A confirmação da última vitória num grande clássico, a 11ª em 15 jogos, surgiu na terceira tentativa de Sterling furar as redes do adversário. O número 7 estava com bastante vontade de marcar, apesar da festa do título ser apenas na próxima semana.

Sem comentários:

Enviar um comentário