Team profile: Portugal



Os campeões da Europa iniciam a competição com ambição redobrada. O primeiro título no plano internacional conquistado no Euro 2016, resulta de uma evolução positiva desde o ano 2000. Os resultados são mais positivos em europeus do que nos mundiais, mas a consideração por parte dos adversários mantém-se em alta. 

O duelo ibérico com a Espanha pode determinar a vontade de chegar longe na competição de um grupo que apresenta bastante qualidade no meio-campo e no ataque, havendo fortes preocupações sobre a zona central da defesa. Neste torneio existem soluções interessantes para guardar a bola, mas também no ataque para evitar a excessiva dependência da inspiração de Cristiano Ronaldo. O melhor do mundo tem menos responsabilidade individual, estando mais disponível tacticamente para estar ao serviço do colectivo.

Ponto forte

Artistas no meio-campo - A inclusão de Bruno Fernandes e Manuel Fernandes possibilita à selecção jogar com todos os cenários, nomedamente guardar a bola e obrigar o adversário a se desgastar

Ponto fraco

Defesas centrais - A veterania de Pepe, Bruno Alves e José Fonte pode ser problemática face a adversários mais jovens, sobretudo na segunda fase, sendo que, a juventude de Ruben Dias também não garante uma segurança total na zona central da defesa

Playmaker

Cristiano Ronaldo - O melhor do mundo tem de jogar o melhor possível para ganhar novamente a Bola de Ouro

Estrela Cadente

Bruno Fernandes - O médio será uma das principais surpresas no meio-campo devido à capacidade camaleónica de actuar como número 8 e 10 ao mesmo tempo.

Comentários