World Cup 2018. O primeiro triunfo do Peru deveria ter chegado mais cedo

Grupo C
3ª jornada

Austrália 0 Peru 2

Golos: André Carrillo, Paolo Guerrero

Os sul-americanos conquistaram finalmente uma vitória que traduzisse a qualidade demonstrada em campo, embora não tivesse qualquer efeito porque já se encontravam eliminados. Por seu lado, a Austrália com menos nota artística nos dois jogos anteriores ainda sonhava com o apuramento.

O Peru manteve a mesma bitola exibicional, recorrendo à magia dos avançados, sendo que, neste desafio a bola entrou mesmo. André Carrillo sai da competição em alta com três exibições de ouro e um golo, podendo relançar a carreira no Benfica ou noutro clube na próxima temporada. Paolo Guerrero marcou mais um golo com a selecção, ficando ainda mais na história.

A Austrália terminou o torneio como uma das piores em termos de futebol jogado por causa das constantes trocas de treinadores. O sonho só durou até aos 50 minutos, embora no outro desafio a Dinamarca tivesse conquistdo o pontinho que faltava para seguir em frente. 

Comentários