sábado, 7 de julho de 2018

World Cup 2018. Croácia volta a encontrar a felicidade apenas nas grandes penalidades

Quartos-de-final

Rússia 2 Croácia 2
3-4 nas grandes penalidades

Golos: Cheryshev, Mário Fernandes - Kramaric, Demagoj Vida


As duas equipas voltaram ao desempate das grandes penalidades para decidirem o futuro no campeonato. Os croatas voltaram a ganhar porque têm jogadores com mais técnica. 

O jogo prometia alguma emoção, mas cedo se percebeu que seria um golpe de génio a fazer a diferença, tendo em conta a lentidão em 120 minutos. Os lances individuais tiveram influência no resultado, já que, no plano colectivo houve bastante luta no meio-campo, com superioridade para os croatas. Contudo, os anfitriões conseguiam defender bem e evitar que o adversário subisse no terreno com receio dos contra-ataques pouco eficazes, mas velozes. 

O primeiro golo surgiu aos 30 minutos por Cheryshev que voltou a ser protagonista depois de uma excelente fase de grupos. Os croatas responderam aos 39 num golo de Kramaric que aproveitou uma jogada individual fantástica de Mandzukic.

Na segunda parte nenhuma equipa alterou a forma de jogar, nem mesmo com as substituições. Apesar da Cróacia ter concretizado a curta superioridade com um remate ao poste de Perisic aos 59 minutos, o destino do desafio seria o prolongamento. 

O cansaço acumulado pelos jogadores poderia originar mais trinta minutos enfadonhos, mas os dois golos, ambos de cabeça, trouxeram emoção até final da partida. 

Na última decisão a Croácia voltou a mostrar mais capacidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário