Other Languages

domingo, 5 de agosto de 2018

Community Shield. Manchester City conquista o quinto troféu

FINAL

Chelsea 0 Manchester City 2

Golos: Sergio Aguero 2

Os citizens mantiveram a mesma estrutura que permitiu regressar aos títulos na temporada passada. No entanto, as ausências de alguns jogadores que estiveram nas finais do Mundial alteraram os protagonistas, como foram as situações de Bernardo Silva, Foden e Laporte. O internacional português pode mesmo ter ganho o lugar, já que, realizou uma grande exibição coroada com a assistência para o 2-0 de Aguero no minuto 13 da segunda parte. 

O número do azar acabou por ser fatal para os blues, também sem as estrelas mais importantes como Eden Hazard, Thibaut Courtois, N´Golo Kante e Olivier Giroud, porque sofreram os dois golos no minuto 13 em cada metade pelo mesmo jogador.  O francês vai ganhar o lugar a Morata, que se mostrou novamente ausente da partida, com apenas um remate por cima da barra aos 24 minutos dentro da grande área. Apesar do esforço de Pedro e Hudson Odoi pelos flancos, nunca houve condições para se construírem jogadas também por causa da insistência em jogar pela zona central. Os grandes nomes responsáveis por pensarem o jogo nunca conseguiram contrariar a força física e o talento do adversário. 

A avalanche ofensiva do City começou logo aos dois minutos com um remate perigoso de Sané, que pode realizar uma temporada de sonho para vingar o afastamento do último mundial. A outra estrela em ascensão chama-se Phil Foden. O jovem iniciou uma jogada individual antes de servir o número 10 no primeiro golo da partida. 

O triunfo na competição confirma a maturidade do Manchester City, que não entrou em loucuras no mercado de transferências como costuma acontecer nos grandes clubes, apostando em efectuar alterações cirúrgicas e promovendo a responsabilidade em jogadores como Bernardo Silva.

Sem comentários:

Enviar um comentário