Other Languages

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Liga Europa. Ricardo Horta foi o único protagonista num empate com sabor amargo

3ª pré-eliminatória
1ª Mão

Zorya Luhansk 1 Sp.Braga 1

Golos: Karalaev - Ricardo Horta

Os bracarenses conseguiram um bom resultado na viagem à Ucrânia, embora a exibição pudesse ser melhor. No entanto, no primeiro jogo do campeonato já se notam alguns sinais positivos, apesar de mudanças importantes, nomeadamente no meio-campo. 

A excelente entrada dos minhotos não se traduziu em situações de perigo. Pelo contrário, a melhor oportunidade na primeira meia-hora pertenceu aos anfitriões numa perdida incrível de Karavaev que atirou a bola para cima da barra apenas com Matheus pela frente. 

O Sp.Braga não acusou o lance, tendo apertado o adversário, através das iniciativas de Fransérgio. O brasileiro parece ser o novo patrão do meio-campo depois das saídas de Vukcevic, André Horta e Danilo. Contudo, a maior ocasião só surgiu por Ricardo Horta aos 34 minutos, que aproveitou um longo lançamento longo de Claudemir. 

A segunda metade abriu novamente com Ricardo Horta em destaque com uma bola na trave no minuto 58 e o golo aos 68. O número 21 correspondeu a uma excelente jogada individual de Ricardo Esgaio pelo flanco direito, sendo que, Wilson Eduardo ainda dá um pequeno toque na grande área.

A vantagem estava assegurada, mas no único erro defensivo dos minhotos, o Zorya empata por Karalaev. 

Um empate com sabor amargo para a formação portuguesa que entra em campo na segunda mão em vantagem, mas não pode deixar o adversário respirar.

Sem comentários:

Enviar um comentário