quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Champions League. Manchester City na luta pelo apuramento

Grupo D - 2ªjornada
Borussia Monchengladbach 1 Manchester City 2
Golos: Tindl - Otamendi, Aguero

Foto: Uefa

Os citizens venceram e recuperam astuto no grupo D, ficando a par do Sevilha e a três pontos da Juventus. Os próximos jogos contra os espanhóis vão ditar o destino do clube na Liga dos Campeões, bem como do seu treinador. Manuel Pellegrini não pode voltar a falhar. 

Os alemães começaram melhor, mas a lógica imperou. O Borussia tem de vencer os jogos contra a Juventus para não hipotecar o futuro na prova e nas competições europeias. 

Champions League. Juventus disfarça deficiências reveladas no calcio

Grupo D - 2ª jornada
Juventus 2 Sevilha 0
Golos: Morata, Zaza

Foto: Uefa

A Juventus aproveita os jogos europeus para disfarçar a crise interna. O jogo contra o Sevilla foi demasiado fácil para quem anda nos últimos lugares do campeonato italiano. Não há dúvidas que há uma Juventus para consumo interno e outra que joga na Europa. Talvez esta seja a melhor forma de garantir uma presença nas competições europeias da próxima temporada.

O Sevilha venceu a primeira jornada, mas desiludiu em Itália, oferecendo pouca luta aos homens da casa. Parece que os espanhóis querem aproveitar o ambiente no Sánchez Pijzuan para tentar a qualificação. A ideia pode ser boa, não fosse o Manchester City ter conquistado os primeiros três pontos no grupo. Sevilha e ingleses discutem a segunda vaga do grupo na dupla jornada. 

Champions League. CSKA responde aos críticos

Grupo B - 2ªjornada
CSKA Moscovo 3 PSV 2
Golos: Doumbia 2, Musa - Lestienne 2

Foto: Uefa

O CSKA apagou a má imagem do último jogo na Alemanha e volta a estar na corrida pelo apuramento. No entanto, os russos não ganharam para o susto por terem relaxado após o segundo golo de Doumbia e o terceiro da equipa. Os holandeses ainda chegaram a sonhar com um ponto, mas ficaram-se pelos dois golos. 

O resultado alcançado calam as críticas daqueles que consideravam os moscovitas como a pior equipa da fase de grupos. 

Champions League. Manchester United reclama lugar entre os favoritos

Grupo B - 2ª jornada
Manchester United 2 Wolfsburg 1
Golos: Mata, Smalling - Caligiuri

Foto: Uefa

O grupo B fica mais equilibrado após as vitórias das duas equipas que perderam na primeira ronda. Neste grupo as formações aproveitaram o factor casa para conquistarem três pontos. O Manchester United tinha uma missão difícil perante o Wolfsburg. No entanto, Van Gaal estava sobre pressão devido à derrota contra o PSV, mas a recente conquista da liderança da Premier League torna o United mais forte. 

A normalidade voltou a Old Trafford, sendo que, a partir dos oitavos-de-final o clube tem de contar para a lista dos vencedores finais. O mau arranque em Eindhoven foi uma falsa partida. 

Champions League. Ibrahimovic alcança Pauleta na lista dos goleadores

Grupo A - 2ª jornada
Shakhtar Donetsk 0 PSG 3
Golos: Aurier, David Luiz, Ibrahimovic

Foto: Uefa

Na Ucrânia também houve vitória fácil da equipa mais forte e um recorde igualado. O sueco Ibrahimovic marcou o golo 109º pelo PSG e alcançou o português Pedro Pauleta. Zlatan vai ultrapassar o açoriano.

A história do jogo conta-se pelos golos marcados dos visitantes. A vitória coloca os franceses na primeira posição, ao lado do Real Madrid. Nos próximos jogos decide-se quem será o primeiro classificado, sendo que isso é importante para a segunda fase. O grupo A tem sido o mais desequilibrado devido à supremacia do PSG e Real Madrid.

Champions League. Cristiano Ronaldo é o melhor marcador de sempre dos merengues

Grupo A - 2ªjornada
Malmo 0 Real Madrid 2
Golos: Cristiano Ronaldo 2


Uma vitória fácil dos merengues no terreno do Malmo. Os suecos tiveram algumas situações perigosas, mas os visitantes controlaram as operações. O grande interesse deste jogo era saber se Cristiano Ronaldo iria tornar-se no melhor marcador de sempre do Real Madrid. Isso aconteceu ao minuto 90 quando o português fez o segundo golo da noite e o 324º com a camisola do clube espanhol, ultrapassando Raúl Gonzalez.

No entanto, o primeiro golo também deve ser destacado, já que se tratou do 500º tento do craque. Ao longo de todo o jogo, CR7 foi o único que teve interesse em bater o Malmo e os seus recordes pessoais.... 

Champions League. Benfica cerebral vence em Madrid

Grupo C - 2ª jornada
Atlético Madrid 1 Benfica 2
Golos: Correa - Nico Gaitán, Gonçalo Guedes

Foto: Uefa

O Benfica venceu o Atlético Madrid e lidera o Grupo C da Liga dos Campeões. Uma exibição segura e racional no Vicente Cálderon. Os colchoneros começaram a vencer com um golo de Correa, mas a organização e vontade dos lisboetas foi superior. 

A abordagem do Benfica foi inteligente porque não se deixou desanimar quando sofreu o golo. Ao invés, o Atlético desorganizou-se após o tento de Gonçalo Guedes, ao ponto de Diego Simeone ter lançado três pontas-de-lança no desafio. Jackson, Fernando Torres e Vietto não foram suficientes para derrubar a defesa benfiquista. 

O argentino Nicolás Gaitán e Gonçalo Guedes estiveram em destaque, tendo sido as principais dores de cabeça para a defesa adversária. Uma nota também para Júlio César que teve duas intervenções dignas de um grande guardião em dois remates consecutivos do Atlético.  

Neste momento, o Benfica tem tudo para passar aos oitavos-de-final como ser o primeiro classificado do grupo.

Champions League. Empate serve os interesses encarnados

Grupo C - 2ªjornada
FC Astana 2 Galatasaray 2
Golos: Hakan Balta, Carole a.g - Bilal Kisa, Eric a.g



O melhor resultado para Benfica e Atlético Madrid chegou do Cazaquistão. O principal concorrente das duas equipas perdeu dois pontos e não tem possibilidades de ultrapassar qualquer das formações. 

O Astana começou a perder o jogo, mas conseguiu empatar. Os turcos chegaram ao 1-2 aos 86 minutos, mas no minuto 89 Carole fez um golo na própria baliza e ofereceu o primeiro ponto aos cazaques nesta competição. O jogo teve a curiosidade de ter tido três golos na própria baliza. 

O Galatasaray vai discutir nos dois jogos com o Benfica a sobrevivência neste grupo. 

Welsh Wordcup. New Saints humble Holywell Town

Photo by The New Saints Website

New Saints reach the third round of WordCup after a massive victory against Holywood Town by 7-1. 

The man of the match was Greg Darper with five goals. He´s trying to copy Cristiano Ronaldo and Robert Lewandowki, who recently score same number of goals in german and spanish league. Alex Darlington and Scott Quigley scored the other goals of the match.

This exhibition was amazing and comes after a draw with Bala Town. Probably will help to focus in the next game for Welsh Premier League.  




terça-feira, 29 de setembro de 2015

Champions League. Zenit isolado no grupo

Grupo H - 2ª jornada
Zenit 2 Gent 0
Golos: Dzyuba, Shatov


A turma de André Villas Boas deu um passo importante rumo à qualificação. A vitória sobre os belgas e a derrota do Lyon deixa a equipa isolada no grupo com seis pontos. O jogo teve um único sentido, com o Zenit a marcar dois golos em cada parte. A má prestação no campeonato não tem tido efeitos na Liga dos Campeões. 

Champions League. Valência respira

Grupo H - 2ª Jornada
Lyon 0 Valência 1
Golo: Feghouli

Foto: Valência

O golo de Feghouli assinala a primeira vitória de Nuno Espírito Santo na Champions League. O tento do marroquino pode ser também o fim da contestação ao actual treinador. O jogo foi repartido entre as duas equipas, que se encontram em má forma nos respectivos campeonatos. A salvação estava num triunfo. A sorte sorriu aos forasteiros. 

Champions League. Marco Silva faz história no futebol grego

Grupo F - 2ª jornada
Arsenal 2 Olympiacos 3
Golos: Walcott, Alexis Sánchez - Pardo, Ospina a.g, Finnbogason

Foto: Uefa

O treinador português fez história no futebol grego porque, pela primeira vez, um clube conseguiu vencer em território britânico. Após a derrota contra o Bayern, o Olympiacos tinha de lavar a cara, mas o adversário precisava dos três pontos por causa do desaire na Croácia. Os ventos estavam favoráveis aos homens de Arséne Wenger.

O jogo foi electrizante com golos em poucos minutos. O ex-bracarense Pardo abriu o marcador aos 33. No entanto, uma boa jogada de Walcott restabeleceu a igualdade. A equipa de Marco Silva chegou ao intervalo em vantagem depois de alguma confusão na área. 

No segundo tempo, Walcott ofereceu o golo do empate ao chileno Alexis Sánchez. Contudo, dois minutos depois, Finnbogason fechou a contagem. Os helénicos apanham o Dinamo Zagreb na classificação com três pontos. 

As rondas duplas são decisivas neste grupo. Dinamo Zagreb e Olympiacos estão em condições de disputarem o segundo lugar. Quem ficar com os seis pontos tem o apuramento praticamente garantido. O Arsenal tem fazer os mesmos pontos contra o Bayern Munique, sob pena de nem sequer chegar à Liga Europa. 


Champions League. Alemães sempre a marcar

Grupo F - 2ª jornada
Bayern Munique 5 Dinamo Zagreb 0
Golos: Robert Lewandowski 3, Douglas Costa, Goetze

Foto: Bayern Munique

Os campeões alemães cilindraram o croatas com cinco golos, sendo que três foram apontados pelo avançado polaco Robert Lewandowski. O ponta-de-lança também continua com o pé quente. 

A avalanche ofensiva do Bayern não mudou de um jogo para outro. A diferença para o desafio contra o Olympiacos esteve na eficácia. A prova tem sido um autêntico passeio. No entanto, os confrontos mais complicados serão contra o Arsenal. Talvez não seja assim devido às duas derrotas dos gunners nas duas jornadas, o que permite ao Olympiacos e Dinamo Zagreb sonharem com o apuramento. Ora, as jornadas 3 e 4 são cruciais para as formações mais fortes. Os alemães podem carimbar o apuramento ou o Arsenal recuperar os pontos de desvantagem que tem relativamente aos três adversários. 

A partir dos oitavos-de-final começa a Liga dos Campeões para o Bayern Munique. 

Champions League. BATE Borisov complica contas aos italianos

Grupo E - 2ª jornada
BATE Borisov 3 AS Roma 2
Golos: Flip Mladenovic 2, Stasevich - Torosidis, Gervinho

Foto: Uefa

Os bielorrussos responderam aos críticos que os colocavam fora das contas do grupo após a derrota sofrida em Leverkusen. Ora, todos pensaram que se tratava de um passeio para a Roma. Mas não. A equipa do BATE rapidamente mostrou que estava para discutir o resultado com os italianos. A tardia reacção visitante não permitiu chegar ao empate. O golo de Gervinho aos 82 minutos não foi suficiente para trazer um empate que colocava a equipa com dois pontos. Perante este cenário, o caminho para os oitavos-de-final fica mais complicado uma vez que ainda há uma deslocação a Barcelona.

A vitória do BATE não deve chegar para pensar no apuramento. Nos próximos dois jogos o adversário chama-se Barcelona. A previsível derrota nos duelos nem sequer deve chegar para a Liga Europa, a não ser que o Bayer Leverkusen vença a Roma no duplo confronto. No entanto, os bielorrussos teriam também de pontuar em casa contra os alemães e no Estádio Olímpico da capital italiana. 

As contas complicadas não retiram a satisfação ao BATE por ter conquistado um momento histórico. 

Champions League. Remontada abre as portas do apuramento

Grupo E - 2ªjornada
Barcelona 2 Bayer Leverkusen 1
Golos: Sergi Roberto, Luís Suárez - Papadopoulos

Foto: Uefa.com

Os catalães entraram pressionados devido ao empate na primeira jornada e à vitória dos alemães sobre o Bate Borisov, além de ter sido o primeiro jogo sem a presença de Messi. 

O desafio não começou bem para o Barcelona, que viu o Leverkusen marcar aos 22 minutos por Papadopoulos. A partir desse minuto houve um domínio dos homens liderados por Luís Enrique, mas como o génio não estava em campo tudo era mais difícil. O pior aconteceu quando Iniesta também se lesionou, não se sabendo qual a gravidade. 

As contrariedades não abalaram os jogadores da casa que tentaram tudo por tudo. Neymar e Luís Suárez eram os homens mais perigosos. Nos últimos dez minutos as oportunidades concretizaram-se em golos. Sergi Roberto marcou aos 80 e Suárez dois minutos depois do primeiro tento. A remontada estava feita e o Barcelona conquistava o primeiro lugar isolado já que a Roma perdia na Bielorrússia. 

Num ápice os números ficaram favoráveis aos catalães. Os dois próximos jogos contra o BATE Borisov são para carimbar a qualificação, deixando a discussão do segundo lugar para italianos e alemães. 

Champions League. Ucranianos contam para a qualificação

Grupo G - 2ªjornada
Maccabi Tel-Aviv 0 Dynamo Kiev 2
Golos: Yarmolenko, Júnior Moares


Os ucranianos lideram o Grupo G após a vitória em Israel e a derrota do Chelsea no Dragão. Um triunfo construído tranquilamente com dois golos em cada período de tempo. A contundente vitória só prova que o empate contra os dragões não foi por acaso. O destino do Dynamo Kiev será discutido nos próximos dois jogos frente à equipa de José Mourinho, já que, o FC Porto deverá conquistar seis pontos nos jogos
contra o Maccabi. Nessa altura vai ser colocado à prova a real qualidade da equipa onde joga Miguel Veloso. 



Champions League. Dragões dominaram o jogo inteiro

Grupo G - 2ªjornada
FC Porto 2 Chelsea 1
Golos: André André, Maicon - Willian

Foto: Uefa

Uma grande exibição dos dragões perante o Chelsea. O jogo foi electrizante com as duas equipas a procurarem o golo porque só a vitória interessava depois dos maus resultados para os respectivos campeonatos. A vitória do Dinamo Kiev em Israel também obrigava a um esforço extra por parte dos dragões. 

A primeira parte foi repartida, sendo que o golo de André André surgiu numa altura em que o FC Porto estava por cima. Lopetegui colocou quatro médios para fazer face aos jogadores criativos do adversário. Quando todos pensavam que a vantagem até ao intervalo era uma realidade, eis que Willian empata. O melhor jogador do Chelsea lançou a segunda parte.

No segundo tempo, os dragões marcaram cedo por Maicon, tomando conta do jogo até final. Brahimi e Aboubakar eram os mais perigosos. Danilo Pereira também enviou a bola ao poste. No Chelsea apenas Willian rumava contra a maré. 

O resultado peca por escasso, já que, na segunda parte o FC Porto dominou. Os dragões passaram para a frente dos ingleses e estão em igualdade pontual com o Dinamo Kiev. Nas duas próximas jornadas jogam com o Maccabi Tel-Aviv e a conquista de seis pontos pode dar o primeiro lugar do grupo, até porque antes da visita a Stamford Bridge recebe o Dinamo Kiev no Dragão. Ou seja, evitar um tubarão nos oitavos-de-final só depende dos actuais líderes da liga portuguesa. 

Champions League - 2ª jornada


A 2ª jornada da Liga dos Campeões inicia-se hoje com um grande jogo. O FC Porto defronta o Chelsea de José Mourinho. Os ingleses venceram a primeira partida, enquanto os dragões não foram além de um empate contra o Dinamo Kiev. No entanto, Lopetegui coloca a carne toda no assador nestes jogos, chegando ao ponto de prejudicar a equipa no campeonato. 

O Benfica tem uma deslocação complicada a Madrid para jogar contra o Atlético. Os dois clubes venceram a primeira jornada, pelo que, quem vencer dá um enorme passo rumo à qualificação. O desafio é mais crucial para as águias que jogam duas vezes fora. Após a visita ao Vicente Calderon deslocam-se à Turquia. 

Nesta ronda há dois jogos interessantes. A visita do Leverkusen a Barcelona. Os blaugrana necessitam de vencer depois do empate contra a Roma. O Valência de Nuno Espírito Santo joga em Lyon uma cartada decisiva para se manter na prova. 

Jogos:

Hoje:
FC Barcelona - Bayer Leverkusen
BATE Borisov - AS Roma
Bayern Munique - Dinamo Zagreb
Arsenal - Olympiacos
Maccabi Tel Aviv - Dinamo Kiev
FC Porto - Chelsea
Olympique Lyon - Valência
Zenith - Gent

Amanhã
FC Astana - Galatasaray
Shakhtar Donetsk - Paris SG
Malmo - Real Madrid
Manchester Unired - Wolfsburgo
CSKA Moscovo - PSV
Atlético Madrid - Benfica
Borussia Monchengladbach - Manchester City
Juventus - Sevilha




segunda-feira, 28 de setembro de 2015

6ª jornada



O Benfica recuperou dois dos três pontos perdidos na jornada anterior para os rivais directos. O FC Porto empatou no terreno do penúltimo classificado e o Sporting desperdiçou dois pontos no Bessa. Tanto num caso como no outro os líderes não estiveram em grande plano, talvez com o pensamento na semana europeia. 

A exibição dos encarnados voltou a ser de gala, graças a mais uma tarde memorável de Gaitán, Jonas e do jovem Gonçalo Guedes. 

O campeonato ganha mais competitividade devido às presenças do Sp.Braga, Estoril e Rio Ave no topo. Os bracarenses venceram o o derby do Minho no Afonso Henriques, enquanto canarinhos e vila condenses confirmam o crescimento que têm tido nos últimos três anos. Os dois clubes passam a fazer parte dos "históricos". No plano positivo o Arouca regista o 7º lugar e mostrando um excelente futebol. Destaque para as subidas na classificação de Marítimo e Boavista. 

A Académica continua a fazer o mesmo percurso do Gil Vicente na temporada passada. Em seis jogos não venceu e só marcou um golo. Por seu lado, o União da Madeira e o Tondela começam a cair nos lugares que lhes estavam destinados. 

Por fim, uma nota para o V.Setúbal que não vence há alguns jogos. Nos últimos dois só conquistou dois pontos. Um mau início para Quim Machado.

Positivo
Vitória do Sp.Braga em Guimarães, Estoril e Rio Ave retomam luta pela Europa, primeiro golo de Gonçalo Guedes com a camisola do Benfica, golaço de Hugo Basto frente ao Belenenses

Negativo
V.Setúbal, Belenenses e Vit.Guimarães correm o risco de lutar pela manutenção, pouca atitude de dragões e leões, violência após o jogo entre os rivais do Minho, Académica continua sem vencer

Melhor goleador: Jonas com 7 golos

Nomeados MVP: Jesus Corona (FC Porto), Jonas (Benfica), Mika (Boavista), Marega (Marítimo), Suk (V.Setúbal), Hugo Basto (Arouca), Léo Bonatini (Estoril), Rafa (Sp.Braga), Bressan (Rio Ave)

Liga NOS. Bressan oferece 6º lugar

6ª jornada
Rio Ave 1 Académica 0
Golo: Bressan



Os vila-condenses chegaram ao 6º lugar do campeonato após a vitória sobre a Académica. O golo de Bressan decidiu a partida e ofereceu ao Rio Ave a terceira vitória consecutiva. A não participação da equipa na Liga Europa liberta mais tempo para as provas domésticas. 

A Académica soma a sexta derrota na liga. Além de não ter vencido, a briosa ainda só marcou um golo em 540 minutos. Será que o problema é só do treinador quando há Gonçalo Paciência, Rabiola e Ivanildo no plantel? Não haverá salários em atraso na cidade de Coimbra.....

Melhor em campo: Bressan

Champions League - Melhor jogador da 1ª jornada


O craque português foi eleito o melhor jogador da 1ª jornada da prova milionária com dois votos. O segundo lugar pertence ao benfiquista Nico Gaitán que registou um voto. Hakan Çalhanoglu e Hulk não mereceram nenhuma distinção.

A boa exibição de Cristiano Ronaldo culminada com três golos frente ao Shakhtar Donetsk foram os motivos que o levaram ao topo. Na primeira ronda houve muitos jogadores que marcaram dois golos, mas CR7 foi o único que fez o Hat-trick, dias depois de ter alcançado uma manita na liga espanhola. 

Embora esteja apagado nos últimos jogos, o regresso aos golos deverá surgir frente ao Malmo. 

domingo, 27 de setembro de 2015

Super Lig. Jogo intenso entre Besiktas e Fenerbache


O campeonato turco ficou ao rubro depois da vitória do Besiktas sobre o Fenerbache. O jogo de loucos terminou com 3-2 para a equipa de Ricardo Quaresma. Vítor Pereira perdeu mais um derby na sua carreira. 

Nos visitantes Bruno Alves, Raúl Meireles e Nani foram titulares. Markovic também jogou de início, mas foi Robin Van Persie que empatou a partida aos 65. No entanto, o alemão Mário Gomez ditou o resultado final aos 74 minutos. 

As duas equipas têm 13 pontos, mas estão ao alcance de uma vitória do Ankaraspor e Galatasaray. 

Os quatro clubes das duas principais cidades turcas vão lutar pelo título. 

Eredivisie. Três grandes definem posições na tabela


A normalidade chegou à Liga holandesa. Ajax, Feyernoord e PSV começam a ocupar os lugares cimeiros da tabela que lhes permite discutir o título. Os campeões ainda estão na quarta posição a cinco pontos do líder. O Feyenoord tem apenas menos três pontos.  

A novidade é a presença do Heracles na terceira posição, mas a derrota frente ao Ajax mostra a diferença de força. Sinal negativo para o FC Twente que vê a descida mais perto. 

Na próxima jornada o Ajax vs PSV permite tirar as primeiras conclusões, porque o campeonato holandês, como o português, é decidido nos jogos entre as grandes equipas. 

Ligue 1. PSG tranquilo no primeiro lugar


Neste momento a equipa que ameaça a liderança do Paris Saint Germain chama-se Saint-Etiénne. Depois seguem-se várias equipas que não podem ser consideradas como candidatas ao título, só estando em lugares de europeus devido ao mau campeonato dos emblemas mais fortes. 

O Lyon foi goleado na visita ao Bordéus, enquanto o Marselha perdeu em casa frente ao Angers. O clube treinado por Michel tem 12 pontos de desvantagem sobre o líder. Na próxima jornada poderão ser 15 caso  percam no terreno do campeão.

A única esperança dos amantes do futebol francês é o Mónaco treinado por Leonardo Jardim e onde pontificam Fábio Coentrão, Ricardo Carvalho, Ivan Cavaleiro, Bernardo Silva e Hélder Costa. Os monegascos vão acabando com a hipótese de tornar o campeonato mais competitivo porque, apesar das boas exibições dos jogadores portugueses, não consegue vencer. Ou empata ou perde. Por tudo isso, são 8 pontos de distância para o campeão. 

Perante a fraca oposição na "Ligue 1", os parisienses concentram-se na Liga dos Campeões. 

Bundesliga. Dortmund perde mais dois pontos antes da visita ao líder



Nas duas últimas jornadas o Borussia Dortmund perdeu quatro pontos fundamentais para manter a liderança partilhada do campeonato com o Bayern Munique. O empate nesta ronda em casa perante o Darmstadt aumenta para cinco a vantagem dos campeões sobre o segundo classificado. 

O Borussia começou o jogo a perder, mas Patrick Aubameyang fez a reviravolta depois de ter bisado. No entanto, ao minuto 90 os visitantes chegaram ao empate. 

Na próxima jornada o Borussia visita o Allianz Arena, naquele que deverá ser um jogo decisivo. Uma vitória da equipa de Pep Guardiola sela o campeonato. Tal como tem acontecido nas últimas temporadas. O campeonato só fica em aberto mediante um resultado positivo dos visitantes. 

Nota para as aproximações do Schalke 04 e do Bayer Leverkusen aos lugares cimeiros. 

Serie A. Paulo Sousa assume liderança do campeonato após derrota Inter



A Fiorentina de Paulo Sousa é o novo líder do campeonato italiano. Os viola foram ao San Siro golear o líder por 1-4. O trabalho do treinador português começa a dar os primeiros resultados. Uma goleada no terreno do histórico não é para todos. Veremos como será o percurso do líder nas próximas jornadas, mas ninguém pode tirar a competência ao trabalho do português. 

A jornada teve outro aspecto digno de registo. O Nápoles impôs à Juventus a terceira derrota na competição. Os napolitanos continuam a subir na classificação. Em sentido contrário caminha a Juventus que se encontra a 10 pontos da Fiorentina. O alarme começa a suar na equipa liderada por Massimiliano Allegri, que joga mal. A Champions League deve ser a única salvação da época. 

Liga NOS. Frieza bracarense provoca danos no castelo de Guimarães

6ª jornada
Vit.Guimarães 0 Sp.Braga 1
Golo: Rafa

Hugo Delgado - LUSA

Os bracarenses conquistaram a primeira vitória fora do AXA. O golo de Rafa contra a corrente do jogo permite aos bracarenses igualarem o Benfica e o Estoril, além de ficar a dois pontos dos líderes FC Porto e Sporting. 

O jogo entre os principais rivais do Minho são sempre emocionantes, mas este tinha o extra de marcar a estreia de Sérgio Conceição à frente do Vit.Guimarães. Os vimaranenses foram mais dominadores, tendo realizado mais situações de perigo, em particular através de Montoya e Tomané. No entanto, a defesa bracarense esteve muito bem no cumprimento das tarefas idealizadas por Paulo Fonseca. O poste também salvou a estratégia dos visitantes. 

Uma jogada inocente dos bracarenses originou o golo de Rafa. O tento acabou com o ânimo vimaranense. A vitória dos forasteiros era um dado adquirido e só bastava esperar pelo apito do árbitro. 

O Vit.Guimarães mostrou que tem equipa para lutar pelos primeiros lugares. Os jogadores têm qualidade, mas precisam de um líder que lhes saiba dar motivação. Por seu lado, os guerreiros confirmam que têm uma estratégia conservadora para os jogos complicados fora do seu terreno. O próximo desafio em terreno alheio joga-se é o Dragão, mas só depois da paragem do campeonato por causa das selecções. Na próxima ronda contra o Arouca no AXA prevê-se mais uma goleada. 

Melhor em campo: Rafa

Liga NOS. Estoril assume candidatura à Europa

6ª jornada
Estoril 2 União Madeira 1
Golos: Léo Bonatini, Bruno César - Farías


Os canarinhos continuam dominadores no seu terreno. No terceiro jogo em casa conquistaram mais três pontos que lhes permite saltar para o quarto lugar em igualdade pontual com o Benfica. O bom futebol está de regresso à Amoreira graças a um goleador chamado Léo Bonatini. No entanto, a aquisição de Bruno César foi uma mais-valia. O ex-Benfica fez o primeiro golo nesta segunda aventura no futebol português. 

Não há dúvidas que o Estoril assume a candidatura à Europa logo na 6ª jornada. Poucas equipas conseguirão pontuar na Amoreira. Para já, ainda ninguém o fez. 

Os madeirenses continuam a série de maus resultados que se pode estender depois do jogo contra o Benfica. A paragem para a selecção nacional garantir o apuramento para o Euro-2016 será importante para Norton de Matos reunir as tropas. 

Melhor em campo: Léo Bonatini

Liga NOS. Arouca teima em não perder

6ª jornada
Arouca 2 Belenenses 2
Golos: Nuno Valente, Hugo Basto - André Sousa, Luís Leal


Os dois golos apontados pelo Belenenses ao minuto 41 e 71 anteviam a conquista de mais três pontos pelos homens de Ricardo Sá Pinto. A segunda vitória consecutiva estava praticamente assegurada quando Nuno Valente e Hugo Basto igualaram o desafio. 

O resultado foi justo devido à qualidade praticada pelas duas formações. O Arouca deixou de ser uma equipa sofredora e agora tem condições para recuperar de uma desvantagem problemática. Por seu lado, o Belenenses prometeu muito, mas ainda não construiu exibições seguras. O que faria Lito Vidigal com os jogadores à disposição de Sá Pinto. 

Neste momento, o Arouca ocupa a sexta posição com nove pontos, sem saber o resultado do Sp.Braga. O mais importante é a vantagem de 7 pontos que tem sobre o último lugar de descida. O campeonato ainda está no início, mas a comparação mostra a subida do nível futebolístico. 

Melhor em campo: Hugo Basto

Liga NOS. Marega dá um pontapé na crise de resultados

6ª jornada
Marítimo 1 Tondela 0
Golo: Marega


O golo de Marega no minuto 90 foi um pontapé na crise de resultados do Marítimo. O ponta-de-lança evitou mais um resultado negativo nos Barreiros. A equipa de Vítor Paneira já festejava a conquista de um ponto crucial, quando o jogador da casa apontou o tento decisivo. 

O desafio foi um típico uns atacam e outros defendem. Não se percebe o medo do Tondela já que defrontava uma formação que passava por uma crise de confiança. Vítor Paneira não tem aproveitado alguns factores positivos para marcar pontos nesta fase inicial da temporada. 

O Marítimo iniciou um ponto de viragem. Os adeptos esperam que os jogadores obtenham resultados mais positivos. 

Melhor em campo: Marega

Liga NOS. Equipas perdem um lugar na classificação

6ª jornada
Nacional 1 V.Setúbal 1
Golos: Rui Correia - Suk



Um jogo equilibrado só podia dar num empate, que coloca as duas equipas com sete pontos. Neste momento, madeirenses e sadinos navegam em águas tranquilas na classificação, embora tivessem sido ultrapassados pelo Marítimo. 

O primeiro golo surgiu por Rui Correia. No entanto, o inevitável Suk voltou a fazer o gosto ao pé. O sul-coreano é o melhor marcador da equipa e, talvez, a principal figura do clube, somando cinco golos na prova.

Melhor em campo: Suk

sábado, 26 de setembro de 2015

Welsh Premier League. New Saints draws but still in first place

Photo by The New Saints website


The New Saints still in the leadership of the Welsh Premier League after draw in Bala Town stadium. The first place is shared by these two teams, Airbus UK Broughton and Newtown.

In the first half, New Saints had opportunities by Simon Spender, Mike Wilde and Aeron Edwards. Althought, Bala almost score before half-time. 

In the second period, Saints tried to make pressure under the opponent midfield, but without reach the area. 

Next round, the leader has the chance to return to the victories against Bangor City, but on Tuesday it´s time to Third Round of "The Word Cup" against Holywell Town. 

Premier League. Suplentes evitam nova vergonha

7ª jornada
Newcastle 2 Chelsea 2
Golos: Ayoze Pérez, Wijnaldum - Ramires, Willian


O destino do jogo estava traçado para o Chelsea, mas as substituições operadas por José Mourinho evitaram o pior. Ramires e Willian saltaram do banco para fazerem o 2-2 e evitar que o Chelsea ficasse mais longe do primeiro lugar. Nos sete jogos realizados, os blues têm mais derrotas do que vitórias. Isso é algo inédito na história do clube liderado pelo português. É verdade que ganharam um ponto ao Manchester City, mas o outro clube da cidade, o United, venceu e alcançou a liderança. Por isso mantêm-se os mesmos oito pontos de distância relativamente ao primeiro lugar. 

A Premier League é fértil em surpresas, embora isso se verifique nos jogos entre os clubes mais fortes. Ninguém pode atirar a toalha ao chão à 7ª jornada. A verdade é que o futebol do Chelsea continua fraco. Mourinho já não tem como surpreender os adversários. 

Liga NOS. Carrillo faz mesmo falta

6ª jornada
Boavista 0 Sporting 0

José Coelho - LUSA

Os leões falharam a liderança isolada do campeonato, mas continuam com os mesmos do FC Porto. O grande vencedor da ronda foi o Benfica que recuperou os dois pontos perdidos na 5ª jornada. Nesta fase da temporada, os resultados mostram que não há uma equipa superior às outras.

O jogo teve como único sentido a baliza boavisteira. O Sporting atacava e o Boavista defendia como podia. Não houve a mínima tentativa dos homens liderados por Petir em equilibrar o desafio, já que, jogava perante o seu público. Por esta razão os lisboetas seriam justos vencedores, mas há falta de capacidade técnica no ataque leonino. Jorge Jesus pode negar a importância de Carrillo na equipa. Desde a sua ausência que não se vislumbra um desequilibrador. Gelson ainda é muito verde e Bryan Ruiz perde fulgor à medida que os jogos passam. No ataque, Slimani não pode fazer tudo sozinho. 

Melhor em campo: Mika

Liga NOS. Gonçalo Guedes confirma titularidade

6ª jornada
Benfica 3 Paços de Ferreira 0
Golos: Jonas 2, Gonçalo Guedes


A máquina goleadora voltou a sossegar os adeptos que foram à Luz após a derrota contra o FC Porto. O resultado só foi construído a partir da segunda parte, mas não há dúvidas que o Benfica domina no seu reduto. Nos quatro jogos realizados marcou 16 golos. 

O técnico benfiquista  repetiu o onze que iniciou o desafio no Dragão. A equipa jogou com vontade devido ao resultado obtido pelos dragões em Moreira de Cónegos. No entanto, nota-se que os jogadores demoram tempo a soltarem-se e só no final dos jogos é que as jogadas funcionam.

O goleador do costume voltou a marcar dois golos, registando 7 na prova. Na Luz emerge mais um craque da formação. Gonçalo Guedes fez o primeiro golo com a camisola do Benfica, mas a sua participação contempla uma assistência para o segundo tento de Jonas e o terceiro do jogo. O miúdo já conta com 4 assistência em toda a temporada. 

Melhor em campo: Jonas

Liga BBVA. Submarino amarelo na liderança

6ªjornada
Villarreal 1 Atlético Madrid 0
Golo: Léo Baptistão



Os colchoneros fizeram pior do que os rivais de Madrid. O Atlético perdeu-se perante o submarino amarelo no El Madrigal. O Villareal está perto dos bons velhos tempos, tendo chegado à liderança do campeonato com mais um ponto do que o campeão.

A jornada a meio da semana teve efeitos negativos nas duas formações da capital espanhola. Nenhuma conseguiu aproveitar a copiosa derrota do Barcelona em Vigo. Uma jornada volvida foram os blaugrana e o Valência de Nuno Espírito Santo que aproveitaram as escorregadelas.

Mesmo com um ataque de luxo, Diego Simeone tem de melhorar a forma como a equipa joga. 

Liga BBVA. Real sem chama perde liderança

6ª jornada
Real Madrid 0 Málaga 0




Os merengues voltaram a escorregar na liga espanhola. A formação da capital não conseguiu ultrapassar a difícil equipa do Málaga. Os jogadores não estiveram inspirados, talvez com o pensamento no jogo da Liga dos campeões. As grandes equipas correm este risco nos jogos que antecedem as grandes noites europeias e as menos fortes aproveitam. Cristiano Ronaldo continua sem marcar. As exibições do Real Madrid continuam a oscilar entre o muito bom e o sofrível. 

O Real Madrid ficou a um ponto do Barcelona. 


Liga BBVA. Barcelona cumpre, mas perde Messi

6ª jornada
Barcelona 2 Las Palmas 1
Golos: Luis Suárez 2 - Joaquim Viera


Os blaugrana venceram facilmente o Las Palmas nesta ronda. O jogo era importante para retomar o caminho das vitórias após a derrota em Vigo a meio da semana. 

O herói do jogo foi Luís Suárez por ter marcado os dois golos decisivos. No entanto, as atenções ficaram centradas na lesão de Leonel Messi aos 3 minutos. O astro-argentino vai ficar durante dois meses afastados dos relvados, o que pode favorecer Cristiano Ronaldo na conquista da bola de ouro. 

O jogo não teve grande história porque os catalães resolveram o jogo cedo para pensarem na próxima jornada da Champions League. 

Premier League. Spurs humilham Manchester City

7ª jornada
Tottenham 4 Manchester City 1
Golos: Dier, Alderweireld, Kane, Lamela - De Bryune



Os Spurs golearam o City na 7ª ronda da Premier League. O resultado fez com que os citizens tivessem perdido a liderança para o Manchester United.

Nos primeiros minutos os visitantes controlaram a partida, tendo feito um golo por Kevin De Bryune. Uma jogada de contra-ataque após um canto do Tottenham inaugurou o marcador aos 25 minutos. O resultado era injusto porque nenhuma equipa dominava a outra, embora o City tenha feito mais remates com perigo.

No último minuto um remate de fora da área do ex-sportinguista Eric Dier repôs a igualdade antes do intervalo. 

No segundo tempo o Tottenham entrou com vontade de asfixiar o adversário. No minuto 49, Alderweireld ganhou posição aos centrais do City e marcou o 2-1, que viria a matar psicologicamente os comandados de Manuel Pellegrini. O técnico espanhol ainda substituiu Navas por Touré, mas sem resultados já que, aos 60 minutos Eric Kane faz o 3-1 na ressaca de um livre apontado por Lamela que foi embater na barra. 

Neste período o Tottenham era dono e senhor do meio-campo e do ataque. Os jogadores mais ofensivos do City, Sterling e De Bruyne desapareceram do jogo. O único que dava apoio a Aguero era Navas. O espanhol teve uma boa oportunidade, mas a boa forma de Lloris não permitiu mais golos. 

A goleada terminou aos 78 minutos após uma jogada na área de Erik Lamela após ter sentado dois jogadores. 

O Tottenham sobe na classificação e o Manchester City regista a segunda derrota consecutiva e a consequente perda de liderança do campeonato. 


sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Liga BBVA. Nuno respira mais algum tempo

6ª jornada
Valência 1 Granada 0
Golo: Mustafi


Os comandados de Nuno Espírito Santo responderam bem às críticas após a derrota na jornada anterior. 

Um golo cedo de Mustafi valeu três pontos decisivos para a próxima jornada da Champions League, mas mais importante acalma os ânimos no Mestalla. O técnico português fica mais tranquilo para trabalhar. No entanto, se as vitórias não forem consistentes volta a contestação. 



Liga NOS. Dragões perdem mais dois pontos fora de casa

6ª jornada
Moreirense 2 FC Porto 2
Golos: Iuri Mederios, André Fontes - Maicon, Jesus Corona


Os dragões empataram em casa do Moreirense, após Jesús Corona ter feito o 1-2 perto do fim. 

O FC Porto pretendeu carimbar a vitória no início da partida, tendo começado muito bem no jogo ao provocar vários lances de perigo. Lopetegui decidiu mudar o meio-campo e o ataque. Danilo Pereira e Herrera substituíram Imbula e Rúben Neves. O herói do jogo contra o Benfica foi o único que ficou no meio-campo. No ataque Osvaldo jogou em detrimento de Aboubakar. O técnico espanhol jogou em Moreira de Cónegos, mas estava com o pensamento no jogo de terça-feira contra o Chelsea. Embora tenha tido oportunidades para fazer mais golos, os visitantes deixaram o Moreirense jogar em todo o terreno, sobretudo quando se encontraram em vantagem de um golo. Mais uma vez Lopetegui não quis matar e voaram mais dois pontos fora do Dragão. 

O resultado coloca o Sporting na linha da frente para chegar ao 1º lugar isolado, além de permitir ao Benfica encurtar distância. Jesus Corona mexeu com o jogo, mas não pode fazer tudo sozinho, enquanto Osvaldo é mais uma terceira do que segunda opção. 

À semelhança do que aconteceu na temporada anterior, os pontos perdidos fora de casa podem ser decisivos para os dragões voltarem a não serem campeões nacionais. 

O Moreirense ainda está na zona de despromoção, mas o resultado aumenta os níveis de motivação. 

Melhor em campo: Jesus Corona



Melhor jogador 5ª jornada



A votação para o melhor jogador da jornada cinco foi renhida, já que o portista André André e o setubalense Arnold Issoko obtiveram um ponto. Pela primeira vez tivemos um empate. O critério de desempate é o número de golos do nomeado na jornada. Desta forma, Issoko leva vantagem sobre André André porque marcou dois golos frente ao Vit.Guimarães. O jogador do FC Porto foi decisivo na vitória sobre o Benfica, mas tem menos tentos. 

Podem pensar que um golo que oferece a vitória sobre o rival é mais importante, mas os critérios ficaram definidos no início da temporada.

Arnold Issoko chegou esta temporada ao Vit.Setúbal depois de passagens no Limianos, Rebordosa e Freamunde. O problema para o jogador é a fraca prestação dos sadinos no seu reduto onde empataram por três vezes sempre pelo resultado de 2-2.

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Entra William.Quem sai?



O regresso de William Carvalho ao onze do Sporting levanta alguns problemas porque obriga à saída de um dos titulares. Neste momento, Jorge Jesus aposta em três jogadores para as posições de 6 e 8. Adrien Silva, João Mário e Aquilani. Na posição mais recuada tem actuado Adrien, enquanto João Mário e o italiano dividem o lugar mais adiantado. Ainda há Bruno Paulista, mas o brasileiro tem tido dificuldades e joga pela equipa B para se adaptar. 

Ora, a entrada certa de William para médio-defensivo implica a saída de Adrien Silva. No entanto, o médio português é essencial, além de ser o capitão de equipa. Ou seja, em risco estão João Mário e Aquilani. O problema é que Jesus apostou forte na vinda do italiano. Por seu lado, João Mário é o melhor elo de ligação entre o meio-campo e o ataque, além de ser o mais rápido dos três. Em termos técnicos Aquilani fica à frente dos internacionais portugueses. O estilo de jogo de Jesus favorece João Mário, sendo que, nos jogos contra as grandes equipas a opção pode recair sobre Adrien. Uma coisa é certa. O Sporting, seja contra quem for, não vai abdicar dos dois avançados. 

A escolha recai por um destes três jogadores. Seja como for os sportinguistas preferem William a qualquer um dos citados. O que eles mais querem é o seu regresso ao onze titular. 

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Ligue 1. PSG soma e segue


O PSG goleou o Guingamp e reforçou a liderança. Os parisienses aumentaram dois pontos para o Marselha, mas ainda não sabem o resultado do Mónaco, que joga amanhã em Montpellier. 

A troca de treinador no Marselha não deu resultado. A equipa de Michel empatou novamente e encontra-se a 9 pontos da liderança. O pior é o mau futebol praticado. 

Serie A. Fiorentina empata com Juventus



A quinta jornada da Liga italiana foi emocionante. O Inter manteve a liderança ao vencer o Hellas Verona. A turma milanesa tem três pontos de vantagem sobre a Fiorentina de Paulo Sousa. Os viola foram ao terreno da Juventus arrancar um empate, que deixa os campeões mais longe dos lugares cimeiros. A Juventus tem menos dez pontos que o Inter e 7 sobre a Fiorentina. 

A Roma também não está a fazer um início de campeonato famoso, estando na nona posição.

Uma palavra para o registo de um golo sofrido pelo actual líder. 

Bundesliga. Cinco golos de Lewandowski coloca bávaros no primeiro lugar


A jornada 6 da Bundesliga teve novidades. A primeira diz respeito ao topo da tabela. O Bayern Munique está isolado na primeira posição com 18 pontos depois de ter vencido o Wolfsburg, que se encontrava no terceiro lugar. O Borussia Dortmund perdeu dois pontos na deslocação a Hoffenheim, estando com mais três pontos do que o Schalke 04. 

O Bayer Leverkusen conseguiu finalmente uma vitória, mas continua a 9 pontos da liderança. 

O destaque da jornada foram os cinco golos marcados pelo polaco Robert Lewandowski em 9 minutos contra o Woflsburg. O feito é maior tendo em conta que o antigo jogador do Dortmund começou o encontro no banco. O mundo ficou incrédulo perante o feito do ponta-de-lança. 

Liga BBVA. Benzema é o goleador de serviço

5ª jornada
Athletic Bilbao 1 Real Madrid 2
Golos: Sabin Merino - Karim Benzema 2


O mundo espera por mais dois golos de Cristiano Ronaldo para confirmar o estatuto de melhor marcador do Real Madrid. Após os oito golos em dois jogos o português não voltou a marcar. Neste momento, o goleador é o francês Karim Benzema. Nos dois últimos desafios tem sido ele a decidir. 

Os merengues aproveitaram a escorregadela do Barcelona para conquistarem a primeira posição do campeonato, ex aequo com o Celta de Vigo. 

A vitória sobre o Ath Bilbao não foi fácil, já que os bascos conseguiram empatar, mantendo a esperança dos seus adeptos. Isso não aconteceu porque Karim Benzema bisou no encontro mais importante da semana. 


Liga BBVA. Celta goleia campeões

5ª jornada
Celta de Vigo 4 Barcelona 1
Golos: Nolito, Iago Aspas 2, Guidetti - Neymar



O Celta de Vigo chegou à liderança da Liga espanhola após ter goleado o Barcelona em casa. A equipa de Nolito proporcionou a maior surpresa da ronda. Um Barcelona irreconhecível foi vergado a uma humilhação na Galiza. 

Nada fazia prever esta situação depois do crescimento das exibições dos blaugrana, mas a imprensa espanhola avisou para os perigos colocados pelo Celta. Por alguma razão se encontra no topo da tabela. 

Os catalães têm obtido resultados menos positivos quando jogam a meio da semana. 

Associação Desportiva "Os Limianos"


O clube mais representativo de Ponte de Lima foi fundado a 5 de Janeiro de 1953 por um grupo de pessoas do concelho. Apesar de nunca ter estado na segunda divisão, o Limianos é uma das maiores instituições do concelho de Viana do Castelo. O único título registado foi a conquista da III Divisão em 1993/1994. Na presente década tem alternado entre a terceira divisão e a antiga segunda B. No entanto, desde que existe Campeonato Nacional de Seniores nunca mais desceu, tendo consolidado a sua posição.

O clube também tem lançado alguns jogadores, como foi o caso de Pedro Tiba, que jogou no Vitória de Setúbal e Sp.Braga. O grande momento desportivo do clube aconteceu no dia 16 de Outubro de 2010 quando visitou o FC Porto para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal. A derrota por 4-1 deixou os milhares de limianos presentes nas bancadas do Dragão orgulhosos da prestação dos seus jogadores.

A equipa principal joga no Estádio do Cruzeiro com capacidade para 3 mil espectadores. 

A instituição também está representada no basquetebol e Hóquei em Patins. Neste último já alcançou a primeira divisão. 


terça-feira, 22 de setembro de 2015

Liga BBVA. Valência continua em fase negativa

5ª jornada
Espanhol 1 Valência 0
Golo: Victor Alvarez


A situação de Nuno Espírito Santos no comando técnico do Valência complicou-se após a derrota frente ao Espanhol. A carreira do clube che na liga não tem sido famosa. Uma vitória, três empates e agora a primeira derrota. 

Esperava-se mais de um Valência que conta com inúmeros jogadores de qualidade. O treinador português não está a saber tirar o melhor dos jogadores e os adeptos já lhe pedem a cabeça.