quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Liga BBVA. Barcelona acaba 2015 no topo do futebol mundial

17ª jornada
Barcelona 4 Bétis 0
Golos: Luís Suárez 2, Messi, Westermann a.g.


Os catalães acabam o ano na primeira posição com os mesmos pontos do Atlético e mais três do que o Real, sendo que continuam com um jogo a menos. 

Uma vitória fácil com nova contribuição decisiva de Luís Suárez e Leonel Messi. Os sul-americanos correm o risco de ganharem o campeonato sozinhos. O Barcelona está cada vez melhor. 

Liga BBVA. Atlético com vitória difícil em Vallecas

17ª jornada
Rayo Vallecano 0 Atlético Madrid 2
Golos: Correa, Griezmann


Os dois dos colchoneros foram marcados no minuto 88 e 90, garantindo a manutenção do primeiro lugar e à espera do resultado do Barcelona, que ainda tem um jogo a menos. O Atlético podia ter empatado, mas livrou-se de um grande susto na visita aos subúrbios da capital espanhola. 

Neste momento a máquina colchonera vai-se aguentando no topo do campeonato.

Liga BBVA. Dois de CR7 e mais críticas no último jogo do ano

17ª jornada
Real Madrid 3 Real Sociedad 1
Golos: Cristiano Ronaldo 2, Lucas - Bruma


Uma despedida em grande do português Cristiano Ronaldo, mas não tanto dos merengues que voltaram a fazer uma exibição sombria, talvez devido às notícias que dão conta de um encontro entre José Mourinho e Florentino Pérez. No entanto, o clube continua na perseguição ao primeiro lugar. 

O próximo ano será decisivo para o Real Madrid, já que, não ganha um título à duas temporadas. O esforço de Ronaldo tem de ser recompensado. Pelo menos mais uma vez...

Análise à primeira volta da Premier League


A primeira volta da Premier League trouxe várias novidades. O campeão Chelsea liderado por José Mourinho foi a principal desilusão dos 19 jogos. Nesta altura os blues estão com mais três pontos do que o Newcastle, que ocupa a 18ª posição. Ou seja, o Chelsea tem apenas mais três pontos do que o primeiro lugar de acesso à descida de divisão. O técnico português não resistiu aos maus resultados, tendo sido substituído após a derrota contra o primeiro classificado. Leicester dominou praticamente toda primeira volta, sendo que, reparte com o Arsenal a liderança da prova com 39 pontos. 

Na terceira posição está o Manchester City, seguido do Tottenham e Crystal Palace. A sexta posição é ocupada pelo Manchester United, cujo treinador está em vias de ser despedido para entrar José Mourinho. Van Gaal tem sido muito criticado em Old Trafford. No entanto, as portas do título continuam abertas porque o primeiro lugar só está a 9 pontos de distância. Isto é, entre os primeiros dois classificados e o sexto só há 9 pontos, pelo que, a segunda volta promete ser bastante interessante para saber se o Leicester consegue lutar pelo título até ao fim, mas também seguir a carreira do Crystal Palace. Uma nota positiva para o desempenho do Tottenham que ainda não é levado a sério pelos principais rivais. 

As outras duas desilusões chamam-se Liverpool e Southampton. Os reds contrataram Jurgen Klopp, mas a vida não está fácil e a correr como queriam. O técnico alemão não caiu no goto dos adeptos. Por seu lado, os Saints que foram a surpresa da temporada passada, andam perdidos no 12º lugar. 

No dia 1 de Janeiro tem início a segunda volta numa altura em que a mudança de treinadores para 2016-2017 é o principal motivo de discussão. Por exemplo, Pep Guardiola vai treinar o Manchester City e o fantasma de Mourinho vai estar sempre presente ao longo da temporada. 

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Premier League. Arsenal e Leicester dividem liderança após a primeira volta

19ª jornada
Leicester City 0 Manchester City 0


O empate entre Leicester City e Manchester City coloca as raposas em igualdade pontual com o Arsenal no primeiro lugar do campeonato após os 19 jogos da primeira volta. Um percurso fantástico da equipa liderada por Claudio Ranieri que venceu o Chelsea e empatou contra o City. 

A segunda volta que começa no primeiro dia de 2016 vai ser mais complicada porque os adversários já conhecem a equipa e não vão ser facilmente surpreendidas. No entanto, o Leicester tem capacidade para chegar aos lugares europeus, mas sempre com o título na mira. 

O City revelou que tem armas suficientes para voltar a erguer o caneco, sendo que o Arsenal é o principal adversário. 

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Premier League. Arsenal chega ao primeiro lugar e fica à espera do resultado entre principais rivais

19ª jornada
Arsenal 2 Bournemouth 0
Golos: Gabriel Paulista, Mesut Ozil


Os gunners alcançaram a liderança do campeonato após a vitória sobre o Bournemouth. O adversário não conseguiu surpreender no Emirates, depois de ter ganho ao Chelsea e Manchester United consecutivamente. 

Uma tarde tranquila que coloca pressão sobre o Leicester City e Manchester City. Os dois clubes vão jogar amanhã entre si na casa do segundo classificado. Qualquer resultado serve os interesses de Arsene Wenger.

Premier League. Fantasma de Mourinho continua a pairar nos relvados ingleses

19ª jornada
Manchester United 0 Chelsea 0


Um empate que confirma a má temporada das duas equipas, embora os Red Devils tenham sido superiores, sobretudo na primeira parte, tendo acertado nos ferros por duas vezes. A equipa de Manchester não tem um goleador que faça a diferença e por isso não consegue marcar muitos golos. Rooney não é a melhor solução para estar no lugar de matador. 

O técnico Guus Hiddink optou por deixar Diego Costa de fora e colocou Hazard no centro do ataque. A opção não teve resultados, já que, o Chelsea foi uma completa nulidade em termos atacantes. Desde a saída de José Mourinho que os blues só venceram um jogo, sendo que o novo técnico ainda só conseguiu dois empates. 

Na segunda parte o jogo tornou-se desinteressante porque as duas equipas não tiveram ideias para desmontarem a organização defensiva. Talvez por esta razão os adeptos do United queiram Van Gaal fora do clube. O futebol atacante desapareceu nos últimos anos de Old Trafford. 

O resultado do desafio coloca José Mourinho no centro das atenções, já que, existem motivos suficientes para a entrada de um novo técnico em Old Trafford e o Chelsea continua a acumular más exibições. As comparações vão sempre ser feitas.

sábado, 26 de dezembro de 2015

Premier League. Gunners desperdiçam oportunidade de alcançar a primeira posição

18ªjornada
Southampton 4 Arsenal 0
Golos: Shane Long 2, Martina, José Fonte


O Arsenal perdeu a oportunidade de chegar à liderança isolada do campeonato depois da derrota do Leicester em Liverpool. Os gunners entraram com uma motivação extra, mas seriam os Saints a vencer o desafio por números expressivos. O resultado desnivelado mostra que a formação de Arsene Wenger não tem estofo de campeão, o que, numa luta com os outros grandes pode vir a ser prejudicial. Quem agradece é o Leicester que tem a possibilidade de acabar a primeira volta e o ano de 2015 na primeira posição se vencer o jogo da próxima jornada.

Premier League. O problema do Chelsea não era só Mourinho

18ª jornada
Chelsea 2 Watford 2
Golos: Diego Costa 2 - Troy Deeney, Odion Ighalo


O primeiro jogo de Guus Hiddink no comando técnico do Chelsea acabou num empate. O 2-2 contra o Watford penaliza os blues que continuam com a descida muito perto. A primeira volta dos campeões nacionais confirmam que dificilmente haverá competições europeias em Stamford Bridge, a não ser que o holandês consiga vencer a Champions League. No entanto, como os problemas na formação não ficaram resolvidos com a saída de Mourinho é pouco provável que o clube seja finalmente campeão europeu. 



Premier League. Passeio alegre do City no Boxing Day

18ª jornada
Manchester City 4 Sunderland 1
Golos: Sterling, Yaya Touré, Bony, De Bruyne - Borini


Uma vitória expressiva para os citizens que se aproximam da liderança depois da derrota do Leicester. No entanto, uma vitória do Arsenal coloca o City a 4 pontos do primeiro lugar. O que mais releva é a facilidade com que o Manchester City venceu o Sunderland no Boxing Day. 

A qualidade dos homens da casa foi sempre evidente ao longo da partida. 

Premier League. Raposas têm a liderança do campeonato em risco

18ª jornada
Liverpool 1 Leicester 0
Golo: Benteke


O Liverpool continua a recuperação na tabela para tentar chegar aos lugares europeus. A equipa de Jurgen Klopp ganhou ao líder do campeonato. Um golo de Benteke na segunda parte acabou com os desejos do Leicester em empater no terreno do adversário. Os líderes podem perder a liderança se o Arsenal vencer no terreno do Southampton. 

Premier League. Lugar de Van Gaal fica em risco

18ª jornada
Stoke City 2 Manchester United 0
Golos: Bojan, Arnautovic


O reinado de Louis Van Gaal à frente do comando técnico do Manchester United deve ter terminado. O holandês pode cumprir o último jogo da primeira volta, mas no primeiro dia de 2016 já deverá ser José Mourinho a treinar os Red Devils.

Uma nova derrota pode deixar o Manchester United a dez pontos do Arsenal se os gunners vencerem o jogo em Southampton. 

O Stoke tem feito um campeonato interessante, mas longe dos lugares europeus. 

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Liga BBVA. Colchoneros não aproveitam ausência de Barcelona na jornada

16ª jornada
Málaga 1 Atlético Madrid 0
Golo: Charles


Os colchoneros perderam a hipótese de chegar à liderança, mesmo à condição devido ao jogo em atraso do campeões. No entanto, a derrota em Málaga permite ao Real Madrid ficar a dois pontos, o que aumenta a competitividade do campeonato espanhol. O Málaga ganhou três pontos na fuga aos lugares de despromoção. 

Liga BBVA. Ronaldo, Benzema e Bale humilham vizinho

16ª jornada
Real Madrid 10 Rayo Vallecano 2
Golos: Christian Bale 4, Karim Benzema 3, Cristiano Ronaldo 2, Danilo - Amaya, Jozabed


Os merengues golearam os vizinhos do Rayo Vallecano. Um resultado histórico que permite uma aproximação aos líderes do campeonato. Neste momento, os merengues têm menos dois pontos do que Barcelona e Atlético Madrid, mas os catalães não jogaram nesta jornada devido à participação no Mundial de Clubes. Os cinco pontos para os campeões devem manter-se, embora os colchoneros estejam à distância de dois pontos.

O trio de luxo do Real marcou 9 dos 10 golos com que o Rayo foi humilhado. No entanto, as duas expulsão nos visitantes ajudaram, uma vez que, os visitantes estiveram a ganhar no Santiago Bernabéu por 1-2. 

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

14ª jornada


Os dragões terminam o ano de 2015 na liderança do campeonato após a vitória sobre a Académica e a derrota dos leões na Madeira frente ao União. O FC Porto visita o Sporting na próxima jornada na condição de líder. Estamos perante um feito inédito para Julen Lopetegui, já que o treinador espanhol nunca esteve com os dragões em primeiro lugar. Um excelente desafio para um treinador que tem sido contestado pelos adeptos. O desafio de Alvalade vai servir como um grande teste para as capacidades de Lopetegui. Um mau resultado levanta de novo as vozes críticas. No entanto, o resultado dos leões na Madeira e o afastamento da Taça de Portugal aos pés dos guerreiros também coloca pressão em Jorge Jesus. Quem estará à espera de um empate é o Benfica que tenta aproximar-se da liderança.

Neste final de campeonato destaque para as exibições do V.Setúbal e Moreirense. Os sadinos ocupam o quinto lugar em conjunto com o Paços de Ferreira e Rio Ave, embora o percurso do Setúbal seja mais relevante, já que, na temporada passada lutou pela permanência até ao fim do campeonato. Um grande trabalho de Quim Machado só comparável com aquilo que Lito Vidigal está a fazer em Arouca. Os dois clubes deram um salto gigante na qualidade futebolística, apesar de terem mantido a maior parte dos jogadores. O Moreirense também recuperou bastante nas últimas jornadas, estando a salvo dos lugares de descida. A tendência da equipa de Miguel Leal é para subir ainda mais, uma vez que, existe muita qualidade. O Vit.Guimarães sobe igualmente na classificação, mas ainda fica longe dos lugares habituais, sendo que, os actuais candidatos às competições europeias são mais fortes do que a equipa liderada por Sérgio Conceição.

A jornada mostrou uma nova face do União da Madeira. A vitória contra o Sporting na mesma semana em que conseguiu um empate contra o Benfica relativamente a uma jornada em atraso salvou Luís Norton de Matos da despedida. O técnico estava sob pressão numa semana em que iria defrontar águias e leões. Os jogadores mostraram que estão ao lado do treinador e não do presidente que colocou o plantel numa situação complicada perante os principais candidatos ao título. 

Positivo
Vitória do União da Madeira contra o Sporting, quinto lugar do V.Setúbal e oitavo do Arouca no final de 2015, primeira vitória de Júlio Velazquez no comando técnico do Belenenses, exibições positivas de Rafael Martins, André Claro e Filipe Ferreira, mais dois golos de Jonas que o colocam no primeiro lugar da lista de melhores marcadores

Negativos
Exibições pálidas de Benfica, Sporting, FC Porto e Sp.Braga; Boavista continua a descer na classificação, Tondela cada vez mais último e sem melhorar produção

MVP´s: Velázquez(Arouca), Octávio(Vit.Guimarães), Jonas(Benfica), Rafael Martins(Moreirense), Danilo Dias(União Madeira), Aboubakar(FC Porto), Filipe Ferreira(Belenenses), Marafona(Paços de Ferreira), André Claro(V.Setúbal)

Melhor jogador da 13ª jornada: Stoilijkovic(Sp.Braga)
Melhor marcador: Jonas

Liga NOS. Guerreiros tentaram, mas Marafona parou quase tudo

14ª jornada
Sp.Braga 1 Paços de Ferreira 1
Golos: Stoilijkovic - Pele


Os bracarenses perderam dois pontos na recepção aos pacenses. O primeiro golo do sérvio atacante fez relaxar os guerreiros do Minho. No entanto, o jogo esteve sempre sob controlo. A grande penalidade convertida por Pele deu aos pacenses um ponto precioso na luta pelas competições europeias. 

Apesar da pressão e das várias tentativas de chegar ao segundo golo, o guardião Marafona não deixou a baliza ser violada pela segunda vez. 

Um empate com sabor a derrota para os homens da casa e um ponto com sabor a três para os visitantes. Os dois clubes mantiveram os lugares que ocupavam antes da jornada.

Melhor em campo: Marafona

Liga NOS. Julito Velázquez estreia-se com vitória sobre rival directo

14ª jornada
Belenenses 1 Boavista 0
Golo: Filipe Ferreira


O técnico Júlio Velázquez estreou-se com uma vitória perante um rival directo na luta que o Belenenses esteve envolvida nesta metade da temporada. Um golo de Filipe Ferreira no início da partida determinou o resultado final, embora o equilíbrio registado permitisse ao Boavista reclamar um ponto. Não aconteceu e os azuis do Restelo navegam em águas mais tranquilas tendo em vista o próximo ano sem competições europeias a meio da semana. Por seu lado, os homens do xadrez necessitam de injectar sangue novo para não se assustarem com novo regresso à segunda divisão.

Melhor em campo: Filipe Ferreira

domingo, 20 de dezembro de 2015

Liga NOS. Dragões visitam Alvalade na liderança do campeonato

14ª jornada
FC Porto 3 Académica 1
Golos: Danilo Pereira, Aboubakar, Herrera - Rui Pedro


Os dragões recuperaram a liderança do campeonato após a derrota do Sporting na Madeira. Na próxima jornada, o FC Porto visita Alvalade na condição de líder, pelo que, a pressão está agora sobre Jorge Jesus. Sabendo do resultado verificado na Madeira, a equipa de Lopetegui foi para cima do adversário, tendo obtido o primeiro golo aos 7 minutos por Danilo Pereira. Os restantes golos surgiram naturalmente. 

Após várias semanas alvo de críticas, o técnico espanhol acaba o ano na liderança do campeonato, mas o primeiro jogo do próximo ano será decisivo para perceber o que vale a actual liderança portista. 

Melhor em campo: Aboubakar

Liga NOS. Sporting perde pela primeira vez no campeonato

14ª jornada
União Madeira 1 Sporting 0
Golo: Danilo Dias


Os leões podem perder a liderança do campeonato se o FC Porto vencer a Académica. A derrota na Madeira acontece na mesma semana em que os leões foram eliminados da Taça de Portugal. Os dois jogos colocam em causa o treinador Jorge Jesus que já andava nas nuvens. 

Os madeirenses souberam aproveitar a falta de criatividade dos leões que optaram pelo meio para tentar chegar à baliza de André Moreira. O golo resulta de algumas jogadas interessantes na baliza de Rui Patrício. 

Numa semana o treinador Luís Norton de Matos saiu do inferno para o paraíso. Os jogos que se afiguravam como sendo determinantes para a saída do técnico após a goleada em Paços de Ferreira, acabaram por se saldar em quatro pontos que colocam o clube longe dos lugares de descida. Um volte-face surpreendente feito às custas dos maiores clubes de Lisboa e que pode favorecer as ambições do FC Porto. Os jogadores mostraram que estavam ao lado do treinador e não da direcção do clube.

Melhor em campo: Danilo Dias


Liga NOS. Sadinos terminam o ano nos lugares europeus

14ª jornada
Tondela 1 V.Setúbal 3
Golos: Nathan Junior - André Claro 2, André Horta


Os sadinos foram justos vencedores na deslocação ao terreno do último classificado. O Tondela caiu na realidade e já não consegue discutir os jogos no seu estádio. 

O V.Setúbal fez uma excelente primeira metade do campeonato, tendo subido ao quinto lugar da classificação. Ou seja, os sadinos terminam o ano nesta posição se o Paços de Ferreira não vencer amanhã o Sp.Braga no Axa. Uma excelente campanha de um técnico que pegou num clube com enormes problemas levando-o a um lugar onde nunca conseguiu estar nas últimas temporadas. 

Melhor em campo: André Claro

Liga NOS. Bom final de ano dos cónegos

14ª jornada
Moreirense 2 Nacional 0
Golos: Rafael Martins 2


O Moreirense alcançou o terceiro jogo sem perder e já se livrou dos lugares perigosos. Os cónegos vão passar o ano mais tranquilos, embora a luta pela manutenção seja uma realidade até final da temporada. Os índices futebolísticos e de confiança estão a aumentar em Moreira de Cónegos. O mercado de Janeiro pode trazer reforços para Miguel Leal conseguir manter a equipa tendo em vista uma quarta presença consecutiva na primeira divisão. 

Os madeirenses necessitam de ir ao mercado se ainda pretenderem chegar aos lugares europeus.

Melhor em campo: Rafael Martins

Liga NOS. Benefício da dúvida para Rui Vitória acabou neste jogo

14ª jornada
Benfica 3 Rio Ave 1
Golos: Jonas 2, Jiménez - Bressan


Os encarnados entraram em campo pressionados após o empate comprometedor na Madeira perante o União. O jogo começou da melhor forma com um golo de Jonas, só que os vila condenses empataram praticamente a seguir ao golo do Benfica, tendo causado apreensão no Estádio da Luz. 

O desconforto com que os adeptos foram para o intervalo teve efeitos negativos na equipa que não criava oportunidades de golo. O Rio Ave mantinha o adversário controlado. 

O resultado só ficou concluído nos últimos dez minutos com um golo de Jonas e outro do mexicano Jiménez. Num instante os assobios e ameaças de lenços brancos transformaram-se em alegria. 

O último jogo de 2015 para o campeonato foi mau, mas os três pontos ficam na Luz. Neste momento a pressão está do lado do Sporting e FC Porto que têm de ganhar os respectivos jogos. A primeira metade da temporada está concluída, embora ainda faltem três jornadas para o fim da primeira volta. O que foi feito pelo técnico benfiquista foi razoável, mas os encarnados têm de melhorar muito para discutirem o campeonato com os velhos rivais. A necessidade de reforços é evidente não obstante o salto que os jovens do Seixal deram nos primeiros meses de competição. Rui Vitória tem que fazer mais se quer conquistar pontos e os adeptos. A partir de Janeiro já não há benefício da dúvida. 

Melhor em campo: Jonas

sábado, 19 de dezembro de 2015

Liga NOS. Vimaranenses no oitavo lugar já pensam no regresso às competições europeias

14ª jornada
Estoril 0 Vit.Guimarães 1
Golo: Octávio


Os vimaranenses deixam o Estoril para trás na classificação e alcançam o oitavo lugar no final do ano. Uma recuperação fantástica tendo em conta que o clube minhoto começou mal o campeonato, o que originou mudança de comando técnico. A entrada de Sérgio Conceição teve frutos, embora a consistência não seja total. No entanto, os jovens jogadores lançados há uns anos por Rui Vitória estão bem entregues, sendo que a partir de 2016 vão começar a pensar no regresso às competições europeias. 

Os canarinhos não estão muito fortes, mas têm equipa para consolidarem o projecto na primeira divisão.

Melhor em campo: Octávio

Liga NOS. Arouca acaba 2015 entre os dez primeiros classificados

14ª jornada
Arouca 4 Marítimo 1
Golos: Nuno Valente, Ivo Rodrigues, Velázquez, Maurídes - Dyego Souza


O Arouca vai terminar o ano nos dez primeiros da classificação, o que constitui uma subida do nível do jogo da equipa relativamente aos dois primeiros anos de convívio com os grandes. No ano passado, a equipa aveirense andava a lutar pela manutenção e hoje sonha com a Liga Europa. O mérito vai para o técnico Lito Vidigal que colocou na mente dos jogadores uma atitude positiva. 

Os madeirenses têm de repensar a forma como jogam para conquistarem os objectivos europeus, já que, há alguns anos que a Europa não passa pelos Barreiros. 

Melhor em campo: Velázquez

Premier League. Afinal a culpa era mesmo de José Mourinho

17ª jornada
Chelsea 3 Sunderland 1
Golos: Ivanovic, Pedro, Oscar - Borini


No primeiro jogo sem José Mourinho no banco de suplentes e com Guus Hiddink na bancada os jogadores do Chelsea reuniram forças para oferecer uma vitória e exibição convincente aos adeptos. A diferença de atitude foi notória, já que, nos primeiros 25 minutos o Sunderland não tocou na bola e perdia por duas bolas a zero após os golos de Ivanovic e Pedro Rodríguez. Não havia qualquer hipótese para os comandados de Sam Allardyce repetirem os feitos de Bournemouth e Leicester. 

O primeiro jogo pós-Mourinho correu bem, justificando as críticas que se fizeram ao técnico português na antevisão do encontro. 

Premier League. Vida mais complicada para Louis Van Gaal

17ª jornada
Manchester United 1 Norwich 2
Golos: Martial - Jerome Cameron, Tettey Alexander



Os red devils perderam três pontos na luta pelo título tendo sido relegados para o quinto lugar devido à vitória dos Spurs contra o Southampton. A temporada também não está a correr a bem a Louis Van Gaal e cada mau resultado aumenta a especulação sobre mais uma chicotada num clube grande, até porque,  a saída de Mourinho é um problema para qualquer treinador. 

O Norwich ganhou três preciosos pontos na luta pela permanência

Premier League. Leicester com vitória difícil em Goodison Park

17ª jornada
Everton 2 Leicester 3 
Golos: Lukaku, Mirallas - Mahrez 2, Okazak


O Leicester segurou a liderança do campeonato após um jogo muito complicado no terreno do Everton. Um duelo equilibrado que poderia ter acabado empatado, mas as raposas seguraram a vitória, apesar da pressão final dos Toffees. 

A temporada está a ser fantástica para a equipa de Claudi Rainieri. À medida que os jogos passam a candidatura ao título do Leicester parece ser uma realidade. Uma nota para a forma de Mahrez que promete ser o jogador mais cobiçado do mercado de Janeiro. 

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Medalhas da Semana

Homem do Jogo

Paulo Fonseca - O técnico bracarense manteve o clube na Taça de Portugal depois de ter eliminado o líder do campeonato no AXA. Num jogo de loucos os guerreiros levaram a melhor sobre a turma de Jesus. Neste momento, o Sp.Braga ocupa o quarto lugar do campeonato, apurou-se em primeiro para a segunda fase da Liga Europa e vai tentar chegar à terceira meia-final consecutiva da prova rainha. A contratação de Paulo Fonseca não podia ser mais acertada, chegando ao ponto de poder vir a cumprir uma inédita segunda temporada ao serviço do clube, o que não acontece há mais de dez anos. 

Nota Intermédia 

Jorge Jesus/Rui Vitória - Os dois técnicos estiveram mal esta semana. O timoneiro leonino saiu da Taça de Portugal após ter vencido o Benfica na eliminatória anterior. Aos poucos Jesus vai perdendo obtendo maus resultados nas competições decididas num só jogo, embora mantenha a regularidade no campeonato. No entanto, o discurso do técnico não condiz com a ambição demonstrada no início da temporada por culpa do plantel que não corresponde aos desejos reais. Isto é, Jesus queria melhor plantel para poder atacar todas as frentes, mas sabe que isso não é possível.

Fora-de-Jogo

José Mourinho - O técnico português foi despedido do Chelsea pela segunda vez. No entanto, neste momento o clube fica perto da descida tendo má qualidade futebolística. O maior problema tem a ver com a dificuldade de Mourinho voltar a treinar num clube em terras de Sua Majestade. 

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

José Mourinho já não é especial



A segunda passagem de José Mourinho pelo Chelsea foi pior do que a primeira porque conquistou menos títulos, embora os rivais também estejam melhores do que há dez anos, como é o caso do Manchester City. No entanto, nada justifica o péssimo campeonato que o campeão está a realizar. O futuro dirá se os jogadores quiseram tramar Mourinho como acontece sempre quando um clube ganhador passa rapidamente para perdedor. Tenho a certeza que os jogadores não renderam porque não podem mais. De facto, quem tem Fabregas, Oscar, Hazard e tantos outros que se atropelam em campo não conseguem formar uma equipa. Na minha opinião o erro do técnico foi apostar em jogadores com o mesmo talento e semelhante presença em campo. Ou seja, tendo as mesmas características futebolísticas e tácticas. Outro aspecto negativo é a defesa de papel, que ainda se apoia no veterano Terry e no frágil Ivanovic. 

O Chelsea não tem melhor equipa do que Arsenal, Manchester City e Manchester United. Nem melhores jogadores do que os principais rivais que lutam pelo título. Talvez o técnico português quisesse outro tipo de jogadores, mas só lhe deram a possibilidade de comprar Pedro Rodríguez. 

A carreira de Mourinho em Inglaterra está arrumada. Não acredito que volte a Terras de Sua Majestade para treinar os gunners, o City, Red Devils ou Liverpool. Em Espanha só mesmo o Barcelona, o Atlético Madrid ou Valência. Na liga italiana a porta do Inter sempre esteve aberta, bem como dos outros principais clubes. Ainda falta experimentar a Bundesliga, o que seria um grande desafio, e voltar para Portugal treinar o Benfica. 

O problema que se coloca nestes locais nada tem a ver com questões futebolísticas, mas relativamente a situações pessoais. Mourinho gosta de utilizar a imagem para ser o centro das atenções. Contudo, nos dois sítios onde foi considerado especial, Espanha e Inglaterra, as portas estão praticamente fechadas. Nos outros campeonatos, José é mais um, igual a todos os restantes treinadores, pelo que, nunca será especial

Taça de Portugal. Axadrezados seguem para os quartos-de-final

Oitavos-de-final
Boavista 1 Académica 0
Golo: Renato Santos



O Boavista venceu a Académica graças a um golo de Renato Santos a quatro minuto do final do jogo. O encontro servia para motivar duas equipas que estão mal classificadas no campeonato, pelo que, uma vitória retirava pressão. Coube aos axadrezados adquirir um balão de oxigénio...

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Taça de Portugal. Sp.Braga vinga derrota na final da temporada passada

Oitavos-de-final
Sp.Braga 3 Sporting 3
4-3 após prolongamento
Golos: Wilson Eduardo, Alan, Marcelo Goiano, Rui Fonte - Bryan Ruiz, Islam Slimani, William Carvalho


Um grande jogo de futebol entre os finalistas da última edição da prova. Os leões conquistaram o troféu e esperavam nova vitória, mas os bracarenses contrariam o favoritismo do adversário. As duas equipas entraram no jogo para vencer, mas foi o Sporting que marcou primeiro. Bryan Ruiz aos 10 minutos parecia tornar o desafio um passeio. A reacção bracarense só aconteceu aos 42 minutos pelo ex-leão Wilson Eduardo. 

Na segunda parte foram os guerreiros a marcar primeiro por intermédio de Alan aos 54 minutos. O problema é que Slimani empatou três minutos depois. Adivinhava-se mais golos na Pedreira. William Carvalho aos 67 minutos colocou os leões em vantagem e com um pé nos quartos-de-final. A superioridade do líder do campeonato era evidente, só que Marcelo Goiano levou o jogo para prolongamento. 

No tempo extra o jogo continuou aberto, mas o único a marcar foi Rui Fonte. 

O Sp. Braga vingou a derrota na final da Taça de Portugal da temporada passada e avança para nova tentativa de conquistar o troféu. Os guerreiros vão tentar chegar à terceira meia-final consecutiva. Por seu lado, os leões não vão poder reconquistar o título. Jorge Jesus obteve a primeira derrota numa competição interna. 


Taça de Portugal. Dragões cumprem serviços mínimos em Santa Maria da Feira

Oitavos-de-final
Feirense 0 FC Porto 1
Golo: Aboubakar


Os dragões estão nos quartos-de-final da prova. sendo os principais favoritos para vencer o troféu. Um golo de Aboubakar aos dez minutos terminou com o sonho do Feirense. A partir daí a equipa azul e branca geriu o resultado porque o jogo com o Nacional só terminou na segunda-feira. Por isso não havia condições para jogar melhor. 

Taça de Portugal. Gilistas voltam a estar entre os grandes

Oitavos-de-final
Gil Vicente 1 Portimonense 1
4-3 após grandes penalidades
Golo: Goba - Fabrício


O Gil Vicente é a única equipa da segunda divisão nos quartos-de-final da Taça de Portugal. Os gilistas eliminaram o Portimonense nas grandes penalidades e voltam a estar entre os grandes, pelo menos a nível da Taça de Portugal. Apesar do estatuto, o Gil também tem todas as possibilidades de discutir um lugar nas meias-finais da prova. 

Taça de Portugal. Léo Bonatini coloca canarinhos nos quartos

Oitavos-de-final
Estoril 1 Penafiel 0
Golo: Léo Bonatini


O brasileiro Léo Bonatini deve dar o salto na próxima temporada ou mesmo no mercado de Janeiro. No fim-de-semana foi importante para o empate do Estoril contra o Boavista e nesta eliminatória da Taça foi decisivo para a passagem aos quartos-de-final. O campeonato não está a corre bem aos canarinhos, mas na prova rainha o sonho do Jamor começa a crescer.

O Penafiel bateu-se bem, mas a partir do momento em que sofreu o golo não encontrou a chave para alcançar a baliza adversária. 

Taça de Portugal. Aves não conseguiu vencer Nacional nas grandes penalidades

Oitavos-de-final
Desp.Aves 2 Nacional 2
2-4 após grandes penalidades
Golos: Nelson Pedroso, Alexandre Guedes - Salvador Agra, Tiquinho Soares



O Desp.Aves perdeu contra o Nacional, embora a derrota só tenha acontecido nas grandes penalidades. Ao longo dos 90 minutos regulamentares de jogo, mais os 30 de prolongamento houve um equilíbrio que se traduziu no resultado. Empate a uma bola durante o tempo normal e mais dois golos para cada lado no 30 minutos extra. 

Os madeirenses estiveram melhores nas grandes penalidades, tendo marcado mais dois golos. O Aves sai da Taça de Portugal com a cabeça erguida, mas também com muitas queixas da arbitragem. 

Taça de Portugal. Arouca acaba com sonho do Amarante na prova

Oitavos-de-final
Amarante 1 Arouca 2
Golos: Miguel - Ivo Rodrigues, Maurides


O sonho do Amarante de continuar a fazer história na Taça de Portugal acabou. O Arouca foi ao terreno do clube amarantino garantir uma inédita presença nos quartos-de-final da prova. O técnico Lito Vidigal tem feito um excelente trabalho. Ninguém pensava que o Arouca estivesse na possibilidade de discutir a presença numa meia-final, mas isso vai ser uma realidade na próxima eliminatória. 

Os arouquenses estiveram em vantagem por dois golos, embora o golo de Miguel aos 66 minutos tenha provocado uma onda de alegria em Amarante.

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Taça de Portugal. Rio Ave volta a disputar um lugar na meia-final

Oitavos-de-final
V.Setúbal 1 Rio Ave 1 
1-3 após grandes penalidades
Golos: Suk - Wakaso


Os vila condenses estão a fazer novamente uma grande campanha na Taça de Portugal. Há duas temporadas chegaram à final e na época passada alcançaram as meias-finais. Em 2015-2016 vão discutir a possibilidade de jogar mais uma meia-final. 

Qualquer das equipas merecia ter ganho e o desempate só poderia ter sido nas grandes penalidades, tendo acabado por vencer os visitantes. Os sadinos saem de cabeça erguida, pese embora terem perdido em casa os dois últimos jogos. 

Liga NOS. Vitória salva Norton de Matos da chicotada psicológica

7ª jornada
União Madeira 0 Benfica 0


O Benfica perdeu dois pontos neste acerto de calendário. O clube da Luz não jogou nada, em particular na primeira parte, onde permitiu que os madeirenses tivessem alguns lances de perigo. A inoperância ofensiva dos encarnados foi tanta que Luís Norton de Matos ainda podia fazer as três substituições nos últimos vinte minutos. 

O jogo não teve história porque os visitantes decidiram fazer uma pausa, que pode ter consequências negativas no final da temporada. Neste momento todas as equipas têm o mesmo número de jogos e a distância para o FC Porto é de cinco pontos e para o Sporting 7.

O ponto conquistado salva o técnico do União da Madeira da chicotada psicológica anunciada pelo presidente do clube. Na próxima jornada contra o Sporting já não há tanta pressão....

Melhor em jogo: Pizzi

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

13ª jornada


A jornada ficou marcada pelos muitos golos, em particular na visita do Marítimo ao Estádio Afonso Henriques e na recepção dos estudantes ao Belenenses. Nos dois jogos foram marcados 14 golos e também podemos realçar os 6 que se marcaram no Bonfim entre Vitória e o Benfica. Os sadinos perderam pela primeira vez em casa. Na Mata Real o Paços de Ferreira também venceu o União por meia-dúzia de golos. Nestes quatro desafios houve 26 tentos. 

O Sporting também voltou às vitórias folgadas depois de muitos jogos em que os três pontos foram conquistados pela margem mínima. A visita do FC Porto ao Nacional era perigosa para Lopetegui depois da eliminação na Champions. O jogo foi fácil para os dragões que acabaram por ser beneficiados pelas paragens causadas pelo nevoeiros e por erros de arbitragem. O técnico espanhol bem pode agradecer aos deuses.

A próxima jornada é a última de 2015. Não deverá haver novidades nos quatro primeiros, mas a primeira ronda de 2015 vai ser decisiva para definir os candidatos ao título.

Positivo
7 golos marcados no Vit.Guimarães-Marítimo e no Académica - Belenenses, além de seis golos no V.Setúbal-Benfica e Paços de Ferreira-União Madeira.  Sporting mostrou raça na recepção ao Moreirense, Sp.Braga consolida quarto lugar, Rio Ave volta à boa forma

Negativo
Adiamento do Nacional - FC Porto por várias vezes devido ao nevoeiro, localização do estádio da Choupana, erros de arbitragem que beneficiaram os dragões na Madeira, Luís Norton de Matos em risco de ser despedido, Tondela não vence nem convence

MVP da Jornada: Léo Bonatini(Estoril), João Novais(Rio Ave), Bruno Moreira(Paços de Ferreira), Fransérgio(Marítimo), Pizzi(Benfica), Gelson Martins(Sporting), Stoijilkovic(Sp.Braga), Yacine Brahimi(FC Porto), Fernando Alexandre(Académica)

Melhor jogador da 12ª jornada: Suk (V.Setúbal)

Premier League. Leicester segura primeiro lugar

16ª jornada
Leicester 2 Chelsea 1
Golos: Vardy, Mahrez - Loic Remy


O Leicester segurou o primeiro lugar do campeonato pela segunda jornada consecutiva. A vitória sobre o Chelsea permite às raposas afastarem-se do Manchester United, embora continuem com o Arsenal e Manchester City à perna. No entanto, os objectivos da equipa liderada por Claudio Rainieri deve ser um lugar na Liga Europa. 

As derrotas do Chelsea já não são notícia, apesar da boa campanha na Champions League. O campeão tornou-se numa equipa vulgar que perde contra todos. Uma coisa é certa. Ou os jogadores desistiram ou foi o próprio treinador que atirou a toalha ao chão. Só uma destas realidades explica o que se passa em Stamford Bridge. 

Liga NOS. Três importantes fundamentais para os estudantes

13ª jornada
Académica 4 Belenenses 3
Golos: Gonçalo Paciência, Pedro Nuno, Ivanildo, Fernando Alexandre - Ricardo Nascimento, Tiago Caeiro, Ruben Pinto


Um grande jogo no fecho de uma jornada com grandes jogos e muitos golos. Mais um desafio com 7 golos e que teve incerteza até final. A Académica leva a melhor num jogo que deveria ter acabado empatado devido à quantidade de futebol ofensivo praticado. O Belenenses não se deixou afectar por um eventual cansaço das competições europeias. 

Os três pontos caem que nem uma luva aos estudantes, já que, permite alcançar o adversário do jogo. O Belenenses necessita de começar a ter outro tipo de resultados. Pode ser que mais tempo de descanso beneficie os azuis do Restelo. 

Na briosa, o jovem Paciência vai marcando os primeiros golos

Melhor em campo: Fernando Alexandre

Liga NOS. Nevoeiro oferece três pontos aos dragões

13ª jornada
Nacional 1 FC Porto 2
Golos: Willyan - Marcano, Brahimi


Os dragões conseguiram conquistar os três pontos, embora houvesse razões de queixa por parte dos madeirenses. O jogo teve início ontem, mas só hoje foi finalizado devido ao nevoeiro que (mais uma vez) atingiu o Estádio da Choupana, que também coloca em risco o União Madeira - Benfica programado para amanhã. Neste ano já foram adiados três desafios que se deveriam realizar no Estádio do Nacional. Os acontecimentos são motivos para os dirigentes do Nacional repensarem a localização do recinto.

Em relação ao jogo, o FC Porto entrou muito forte com um golo de Marcano aos seis minutos. O Nacional respondeu com um tento de Willyan. No entanto, o argelino Brahimi fixou o resultado final antes do primeiro quarto de hora. 

Na segunda parte os homens da casa começaram melhor, tendo tido três oportunidades. Os dragões ficaram na expectativa só que depois o nevoeiro acabou com o desafio sem ter sido convidado. As sucessivas paragens terminaram com o ritmo do encontro, que só foi concluído hoje.

Melhor em campo: Yacine Brahimi

Eredivisie. PSV e Feyenoord aproximam-se pouco da liderança



Os três candidatos ao título parecem estar coordenados, já que, obtiveram quase todos o mesmo resultado. A derrota do líder Ajax permitiu ao Feyenoord e PSV. Os rivais do clube de Amesterdão estão a 3 e 2 pontos de distância do primeiro lugar. 

Uma nota para a recuperação do FC Twente, embora continue a lutar pela manutenção. 

Serie A. Juventus garante candidatura após vencer Fiorentina


A Juventus venceu a Fiorentina e volta a estar na luta pelo título. Os comentários que deram a Vecchia Signora fora do Scudetto foram prematuros. Os campeões ficam alcançaram o quarto lugar, ultrapassando a Roma e com menos seis pontos do que o Inter. Os romanos não foram além de um empate em casa do Nápoles, que se mantém na terceira posição com os mesmos pontos da equipa de Paulo Sousa. 

A Serie A continua ao rubro com constantes mudanças na tabela, mas é certo que o campeão será decidido entre os primeiros cinco classificados. 

Ligue 1. Mónaco alcança segundo lugar



Os campeões franceses continuam a marcha imperial rumo ao título. O PSG goleou o Lyon por 5-1, algo que seria impensável há uns anos, mas devido ao domínio dos parisienses é um resultado natural.

O grande vencedor da jornada foi o Mónaco de Leonardo Jardim. A equipa do principado está a recuperar lugares na tabela e aumentar a qualidade das exibições para tentar alcançar um lugar na próxima edição da Liga dos Campeões. 

Bundesliga. Equilíbrio na luta pelo acesso às competições europeias


Os dois primeiros classificados não perderam pontos, pelo que, a diferença de cinco pontos entre Bayern Munique e Borussia Dortmund mantém-se. Neste momento, o interesse está na luta pelos restantes lugares de acesso às competições europeias. O Hertha Berlim tem 29 pontos, enquanto o Schalke 04 com 24 está na oitava posição. Ou seja, apenas cinco pontos de diferença entre o 3º e o 8º. 

Uma nota para uma alteração importante. O Dortmund passou a ter o ataque mais concretizador da prova com 46 golos. Os campeões têm menos um, mas só sofreram 8 golos em 16 jogos. 

domingo, 13 de dezembro de 2015

Liga BBVA. Colchoneros partilham liderança com o Barcelona

15ª jornada
Atlético Madrid 2 Athletic Bilbao 1
Golos: Saúl Niguez, Griezmann - Laporte


O número 7 dos colchoneros ameaça tornar-se uma grande figura no final da temporada. Uma boa prestação no Euro 2016 ao serviço da selecção francesa pode valer uma candidatura a estar entre os melhores jogadores do mundo no próximo ano. A concorrência Ronaldo e Messi não são fáceis de bater, mas o Atlético já é um grande de Espanha. 

Os resultados desta temporada confirmam que o título alcançado em 2014 não foi por acaso. Diego Simeone pretende voltar a ser campeão.

O Atlético começou a perder, mas a reviravolta iniciada por Niguez acaba por se ajustar ao que se passou em campo. Os três pontos permite ao clube igualar o Barcelona no primeiro lugar e distanciar-se em cinco pontos do Real Madrid. 

Liga BBVA. Villarreal afunda merengues na classificação

15ª jornada
Villarreal 1 Real Madrid 0
Golo: Roberto Soldado


O submarino amarelo impediu os merengues de se aproximarem dos dois líderes do campeonato espanhol. O empate do Barcelona abria as hipóteses do Real Madrid de ficar a dois pontos da liderança. No entanto, Roberto Soldado não teve problemas em condicionar a actuação do adversário ao marcar um golo aos oito minutos de jogo. 

A partir desse momento, Ronaldo e companhia não conseguiram marcar, apesar das várias tentativas do carrossel madrileno. O Real continua a não ter consistência de jogo e já falhou várias oportunidades de passar para o primeiro lugar do campeonato. 

Liga BBVA. Empate com sabor a vitória do Valência

15ª jornada
Eibar 1 Valência 1
Golos: Enrich - Juncá a.g


O Valência de Gary Neville acumula más exibições que resultam em maus resultados. O empate contra o Eibar caiu do céu depois de um jogo péssimo por parte dos visitantes em que valeu o erro de David Juncá aos 85 minutos e as defesas do guardião Domenech. 

O único factor que pode deixar os adeptos valencianos satisfeitos é o regresso faseado de Álvaro Negredo. O ponta-de-lança é o único que pode garantir golos de forma regular, apesar da qualidade de Piatti, Dani Parejo. 

Beira-Mar vence velho rival com marca do brasileiro Cílio Souza

II Divisão Distrital - Serie B - 12ª jornada
Beira-Mar 5 Ovarense 1
Golos: Cílio Souza 3, Jorge, Quintino - Parreira


O Beira-Mar venceu o derby mais apetecido da região entre dois clubes históricos, que andaram pelos campeonatos profissionais, embora nunca se tenham encontrado. 

Os aurinegros golearam a Ovarense sem apelo nem agravo com mais um hat-trick de Cílio Souza. O brasileiro marcou 12 golos no campeonato e promete ser o melhor marcador da série. O clube continua na senda dos bons resultados que lhe vão permitir subir nesta série. 

Não há dúvida que os aveirenses pretendem voltar ao convívio dos grandes o mais rápido possível pela mão dos novos responsáveis que estão empenhados nesta missão. 

CNS. Limianos desastroso consegue empate contra Mirandela

Serie A - 13ª Jornada
AD Limianos 2 SC Mirandela 2
Golos: Edema 2 - Luisinho, Vitor Hugo a.g



O Limianos perdeu dois pontos na recepção ao Mirandela. A equipa adversária adiantou-se no marcador após o intervalo por Luisinho, tendo obtido o segundo golo por intermédio do Vitor Hugo que marcou na própria baliza. 

Os adeptos da casa ficaram desapontados, mas os últimos 15 minutos foram diferentes. Edema bisou em cinco minutos. A partir do minuto 80 as duas equipas tentaram tudo para chegar ao tento decisivo. Isso não aconteceu e os Limianos continua no 4º lugar com 21 pontos.