terça-feira, 30 de agosto de 2016

Futebol Sénior



O futebol na forma mais simples joga-se nos escalões secundários de cada país. A aposta do GOLO nesta temporada é o acompanhamento de algumas equipas do Campeonato Prio Portugal e dos distritais, além de uma formação do Championship.

Iremos trazer os jogos disputados por certas equipas, escolhidas aleatoriamente. Pretendemos dar conhecimento do futebol secundário que se pratica em Portugal e Inglaterra. 

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

2ª jornada



O Las Palmas partilha a liderança do campeonato com o Real Madrid e Barcelona. Surpreendentemente a equipa das canárias tem melhor diferença de golos que os dois gigantes espanhóis, aproveitando a ausência de golos dos trios maravilha BBC e MSN por ainda não estarem completos devido à lesão de Cristiano Ronaldo e à presença de Neymar nos Jogos Olímpicos. No entanto, na próxima ronda os protagonistas já estarão nos relvados.

Quem continua sem marcar é o Atlético Madrid, que empatou no terreno do estreante Leganés. Apesar da artilharia, os colchoneros foram ineficazes e a liderança está a 4 pontos de distância. Nada preocupante, mas se Real e Barça não têm adversários correm o risco de fazerem um campeonato à parte. 

3ª jornada



Os dois clubes de Manchester e o Chelsea ocupam a liderança do campeonato, com os Citizens em vantagem devido à melhor diferença do golos marcados e sofridos. 

A diferença de valores entre os três líderes e os restantes clubes começa a fazer-se sentir. No entanto, na Premier League não se pode garantir nada, mas é um facto que Manchester City, Manchester United e Chelsea têm jogadores de altíssimo nível. 

Na próxima jornada os blues podem aproveitar o possível empate entre City e United. O primeiro grande duelo entre Mourinho e Guardiola tem lugar no dia 10 de Setembro em Old Trafford. 

A terceira jornada fica marcada pela primeira vitória do campeão Leicester e do Arsenal. Os dois clubes ficam mais motivados no regresso dos campeonatos. O Liverpool continua sem vencer após o bom resultado na primeira ronda contra o Arsenal. O facto de ainda não ter jogado em casa porque o estádio continua em obras pode ser uma razão para o mau arranque. 

Próxima jornada:
Manchester United vs Manchester City
Arsenal vs Southampton
Bournemouth vs West Bromwich Albion
Burnley vs Hull
Middlesborough vs Crystal Palace
Stoke vs Tottenham
West Ham vs Watford
Liverpool vs Leicester
Swansea vs Chelsea
Sunderland vs Everton

3ª jornada



Os leões assumiram a liderança do campeonato após a vitória sobre o FC Porto. O triunfo por 2-1 garante o primeiro lugar isolado, constituindo uma motivação extra. As equipas de Jesus costumam ser bastante fortes quando chegam ao topo.

Numa segunda linha estão várias equipas com 7 pontos, sendo que, os dragões e vimaranenses têm 6 pontos. 

Ao fim de três jogos só existe dois clubes com zero pontos, embora o Nacional tenha um jogo a menos. O Estoril ainda não conseguiu pontuar.

A jornada teve grandes jogos como o Boavista x Desp.Chaves e o Vit.Setúbal x Arouca. Os dois Vitórias evoluíram bastante para a nova temporada, assumindo outros objectivos além da tradicional luta pela manutenção.O Rio Ave de Nuno Capucho também promete. Em termos de qualidade nota-se uma diferença entre 10 equipas e as restantes, que só será confirmada nas próximas jornadas

Melhor jogo

Boavista vs Desp.Chaves
As duas formações parecem estar a um bom nível. Os quatro golos no Estádio do Bessa, com boa casa, mostram a qualidade dos planteis. O Chaves tem condições para ser uma boa surpresa e o Boavista vai voltar a tornar o Bessa um inferno para os adversários. Durante 90 minutos ninguém ficou satisfeito com o empate. 

Melhor Equipa
V.Setúbal - Os sadinos voltaram a ganhar no Bonfim. O técnico José Couceiro foi buscar jogadores portugueses com vontade de triunfar. Os primeiros jogos mostram uma equipa atacante com velocidade, boas combinações e qualidade, embora falte acerto na finalização. Os setubalenses não têm um grande ponta-de-lança. mas o fio de jogo subsiste em torno de avançados móveis como João Amaral, André Claro e apoia-se no meio campo constituído por Costinha. Nunca ouviu falar deles? É melhor habituar-se porque o Vitória vai lutar pelos dez primeiros lugares

Sinal +

Gelson Martins -  O avançado do Sporting esteve em grande no clássico. A saída de João Mário pode ter aberto as portas do onze ao jovem craque, embora as novas contratações sejam de peso. No entanto, Gelson tem a vontade que faz a diferença-

Sinal -

Iker Casillas - O guardião espanhol justificou a derrota do FC Porto em Alvalade com as arbitragens. Os dois golos leoninos não são frangos, mas parece existir falta de competência, em particular no segundo golo. Uma coisa é certa. O guarda-redes já não oferece a segurança de outros tempos. Os constantes protestos revelam algum cansaço com os próprios erros.

Primera División. Lanús inicia defesa do título com vitória sobre Boca

1ª jornada

Lanús 1 Boca Juniores 0

Golo: Acosta
Craque do Jogo: Marcelino Moreno(Lanús)

O campeonato argentino arrancou com um Lanús-Boca Juniores. Nesta temporada, o novo formato contempla 30 equipas que se vão defrontar entre si, mas apenas uma vez. Não existe duas voltas como acontece nas ligas europeias.

O campeão Lanús venceu o Boca Juniores por 1-0 com golo de Acosta, após uma jogada individual de Marcelino Moreno. O desafio teve poucas oportunidades porque as equipas ainda se encontram numa fase inicial da temporada. No entanto, isso não impediu os dois técnicos de apostarem em três homens no ataque. O Boca colocou três homens atrás do ponta-de-lança Benedetto. 

O futebol de ataque não se traduziu em oportunidades, tendo sido apenas marcado um golo que deixa os adeptos do Lanús bastante satisfeitos.

domingo, 28 de agosto de 2016

Liga NOS. Triunfo justo ao cair do pano

3ª jornada

Rio Ave 1 Feirense 0

Golo: Rafa
MVP: Rafa - Semedo

O golo de Rafa aos 90 minutos trouxe justiça ao resultado porque os vila-condenses foram os únicos que quiseram levar os três pontos. O Feirense mostrou insegurança e satisfeito com o pontinho. A típica atitude de José Mota custou três pontos e a permanência nos lugares de baixo da tabela. 

O Rio Ave ganhou o primeiro jogo depois de ter perdido e empatado neste campeonato. Os resultados traduzem o crescimento de forma da equipa orientada por Nuno Capucho. 

Liga NOS. Sadinos continuam a espalhar qualidade

3ª jornada

V.Setúbal 2 Arouca 0

Golos: João Amaral, André Claro
MVP: João Amaral - Rafael Bracalli

Uma grande exibição dos sadinos perante o europeu Arouca, confirmando o bom momento das duas jornadas anteriores ao dominarem o Arouca no Bonfim. O mais interessante nesta equipa é o potencial de crescimento de alguns jogadores que eram desconhecidos. No entanto, ao fim de três jornadas o público português sabe o nome de João Amaral, Geraldes, Fábio Pacheco e Costinha. 

A competência de José Couceiro também não pode ser esquecida, embora também hajam alguns jogadores da temporada passada que brilharam na primeira volta, como é o caso de André Claro e Issoko, além dos reforços Bruno Varela e Nene Bonilha. Um plantel de luxo para uma formação cujo objectivo é a manutenção. 

O Arouca não conseguiu impor o jogo que queria, talvez por causa do resultado contra o Olympiacos. O único problema da equipa de Lito Vidigal é saber que vai ter de defrontar alguns adversários que também subiram de nível. O V.Setúbal é um exemplo.

Liga NOS. Axadrezados e flavienses com ambições no campeonato

3ª jornada

Boavista 2 Desp.Chaves 2

Golos: Schembri, Fábio Espinho - Elhouni, Perdigão
MV P: Fábio Espinho - Perdigão

Um jogo com quatro golos merece ser sempre destacado, mesmo perante duas equipas que lutam pela manutenção. No entanto, o futebol praticado no Estádio do Bessa (com boa casa) indica que boavisteiros e flavienses irão lutar pelo top ten da classificação.

Durante 90 minutos, houve constante procura pelo golo com alternância de resultado. O Boavista começou melhor, mas o Chaves terminou a partida em superioridade. As duas equipas são uma imagem fiel dos treinadores. Agressividade e organização nos nortenhos e bola no pé por parte dos transmontanos. Ainda não há destaques individuas porque o colectivo prevalece, sobretudo nos portuenses. No Chaves, Perdigão pode ser uma surpresa.

O jogo trouxe um empate justo, mas também a certeza que poucas equipas vencerão no Bessa e o Chaves adopta uma postura positiva em qualquer campo. 

Liga NOS. Sporting fica sozinho na liderança do campeonato

3ª jornada

Sporting 2 FC Porto 1

Golos: Slimani, Gelson Martins - Felipe
MVP: Gelson Martins - Otávio

O resultado do primeiro clássico da temporada ficou decidido na meia-hora de jogo, altura em que as duas equipas tiveram mais velocidade, construindo várias situações para marcar, cabendo ao portista Felipe abrir o período frenético com um golo, mas o Sporting respondeu atempadamente e antes que os dragões colocassem gelo na partida. 

A reacção sportinguista foi fantástica impulsionada por Bruno César, Bryan Ruiz, Gelson Martins e Slimani. Um quarteto de luxo que não teve medo do adversário, que se apresentou em 4x3x3. 

A vantagem dos leões ao intervalo permitiu a Jesus controlar as operações no resto da partida. Nesta fase da temporada ainda existe pouco ritmo nas pernas dos jogadores, pelo que, as poucas ocasiões surgiram sempre que as equipas se encontravam desequilibradas. Os treinadores procuraram aproveitar o erro do adversário, em vez de correr riscos. 

Nenhum técnico conseguiu melhorar a produção com as substituições, apesar dos nomes que se estrearam no tapete de Alvalade. Óliver Torres regressou, mas não teve influência e os falhanços de Joel Campbell só foram perdoados pelos adeptos porque se tratou do primeiro jogo com a camisola do Sporting.

A vitória permite ao Sporting ficar isolado no campeonato, à semelhança do que aconteceu no início da temporada transacta. Os leões partem em vantagem no arranque da segunda fase da prova, mas sem João Mário e talvez Slimani. As várias contratações permitem aos adeptos sonhar, só que alguns jogadores podem não corresponder às expectativas. Por outro lado, os dragões têm qualidade e a vontade que faltou na época passada, com o meio-campo mais forte. A defesa e o ataque ainda precisam de um reforço antes do fecho do mercado. 

Liga NOS. Madeirenses conquistam a primeira vitória

3ª jornada

Moreirense 0 Marítimo 1

Golo: Fransérgio
MVP: Francisco Geraldes - Fransérgio

Os madeirenses contrariam o favoritismo dos cónegos e venceram por 0-1. Um golo de Fransérgio alivia a pressão sobre o técnico Paulo César Gusmão. A experiência acabou por ser mais forte, apesar da boa resposta por parte do Moreirense sempre com Francisco Geraldes como figura principal. 

Naturalmente que o Marítimo se remeteu à defesa depois de ter conquistado o golo. Paulo César Gusmão terá pensado que seria melhor vencer pela margem mínima do que morrer na praia....

Premier League. City visita Old Trafford na liderança do campeonato

3ª jornada

Manchester City 3 West Ham 1

Golos: Raheem Sterling 2, Fernandinho - Michail Antonio

Uma vitória importante após os resultados do fim-de-semana, mesmo estando apenas na terceira jornada. O triunfo do rival obrigava a uma declaração de superioridade por parte da equipa de Guardiola antes da visita a Old Trafford no dia 10 de Setembro.

A qualidade do City é inegável. Aos 20 minutos já estava 2-0 e o West Ham não conseguiu voltar ao jogo antes do intervalo. Quando um adversário tem jogadores como Sterling, Nolito, David Silva e Aguero não se pode pensar em aventuras no ataque. No entanto, os hammers também têm jogadores com nível, mas os dois golos iniciais foram fatais.

No segundo, o golo de Michail Antonio ainda relançou a partida, só que o City controlou sempre as operações. Quem possui jogadores com a classe de Fernandinho não precisa de ter preocupações, mesmo tendo apenas um golo de vantagem. 

Eredivisie. PSV empata e deixa fugir Feyenoord

4ª jornada

PSV 0 FC Groningen 0



Os campeões perderam os primeiros pontos no campeonato, deixando fugir o Feyenoord. A equipa de Roterdão segue na liderança com 12 pontos.

A formação orientada por Phillip Cocu tentou por todas as formas e feitios chegar ao golo, mas o Groningen conseguiu conquistar o primeiro ponto neste campeonato. 

Apesar de construir várias situações, o PSV tem marcado poucos golos nas primeiras jornadas, sendo necessário contratar um avançado nos últimos dias do mercado de transferências. 

sábado, 27 de agosto de 2016

La Liga. Craques do Atlético continuam sem vencer

2ª jornada

Leganés 0 Atlético Madrid 0


Os colchoneros continuam sem acertar com a baliza dos adversários, apesar das inúmeras oportunidades construídas pelos craques. No desafio contra o estreante Leganés, Diego Simeone colocou Griezmann e Fernando Torres, mas nem isso foi suficiente para conquistar a primeira vitória. 

Os dois pontos que voaram não são preocupantes, mesmo tendo em conta a boa forma de Real Madrid e Barcelona. Os gigantes espanhóis prometem marcar posições no início do campeonato, algo que o Atlético também quis devido à qualidade das aquisições. 

Na próxima jornada após os jogos das selecções, não vai haver tolerância para o falhanço.

La Liga. Toni Kroos descansou adeptos merengues antes da paragem

2ª jornada

Real Madrid 2 Celta de Vigo 1


Golos: Morata, Toni Kroos - Orellana

Os merengues não se livraram de um grande susto no primeiro desafio em casa da temporada. O marcador só foi aberto aos 60 minutos por Álvaro Morata. O antigo jogador da Juventus que regressa a casa, parece ter vontade de marcar muitos golos.

A vantagem do Real durou pouco, já que, Orellana empatou aos 66 minutos. Os galegos pretendem fazer melhor que na temporada passada. 

A partir desse momento, o Real tentou chegar à igualdade, metendo mais velocidade e pressão. Na ausência de Cristiano Ronaldo, teve de ser Toni Kroos a dar os três pontos. 

No próximo jogo após a paragem para as selecções, o campeão europeu Cristiano Ronaldo e os outros dois jogadores portugueses podem ser opção para Zinedine Zidane. 

Liga NOS. Salvio está de regresso e Raúl Jiménez continua com fome de golos

3ª jornada

Nacional 1 Benfica 3

Golos: Tobias Figueiredo - Ali Ghazal a.g, André Carrillo, Raúl Jiménez
MVP: Tobias Figueiredo - Raúl Jiménez

Um bom jogo na Choupana, acabando por prevalecer a qualidade individual dos jogadores encarnados, já que, Manuel Machado esteve perto de igualar Rui Vitória em termos tácticos. O Benfica promoveu o regresso de Jonas ao onze, colocando Pizzi e Salvio nas alas. Os dois jogadores garantem mais consistência que os reforços. No miolo André Horta continua a ser o companheiro de Fejsa. 

O primeiro golo do Benfica justifica-se pela superioridade em campo, mas o empate do Nacional é um prémio pela forma como o técnico dos madeirenses encarou a partida sem medo do tricampeão nacional. 

A partir do momento em que o Nacional empata, Rui Vitória mexe na equipa com as entradas de Carrillo e Celis para os lugares de Horta e Pizzi, mantendo a dupla de atacantes em campo, apesar de ter Mitroglou no banco de suplentes. Jonas e Jiménez estavam a tentar corresponder aos bons lances criados por Salvio. No outro flanco, Pizzi não criava situações de perigo. 

O segundo golo nasce de uma iniciativa do argentino que termina nos pés do peruano. Após o 1-2. Salvio continua a meter bolas no mexicano, que tem Gonçalo Guedes como parceiro do ataque. O 1-3 trouxe justiça ao desempenho de Jiménez na partida, embora seja pesado para o Nacional.

Os encarnados reagiram bem ao golo do empate e conseguiram pontos importantes na jornada do clássico. Neste início de temporada, Rui Vitória deve apostar nos jogadores que conquistaram o título, notando-se alguma juventude nalguns reforços. Uma nota para a exibição de Salvio que está de regresso à melhor forma, mas o instinto de Raúl Jiménez permite marcar golos impossíveis. 

Liga NOS. Minhotos não deixaram canarinhos saírem da toca

3ª jornada

Estoril 1 Sp.Braga 3

Golos: Alysson Farias - Pedro Santos, Wilson Eduardo, André Pinto
MVP: Alysson Farias - Wilson Eduardo

Uma boa exibição dos bracarenses, contrastando com o que aconteceu no início da semana frente ao Rio Ave. Há muito tempo que o Sp.Braga não se impunha no António Coimbra da Mota. 

O grande golo de Pedro Santos foi o início do domínio dos guerreiros sobre a nova equipa do Estoril. No primeiro tempo, Wilson Eduardo fez o 0-2 que deixou os adeptos contra o treinador. Fabiano Soares nunca vai ser um ente querido na Amoreira. No entanto, Alysson Farias fez o 1-2 no início do segundo tempo, mas não significou maior equilíbrio.

A estocada final foi dada por André Pinto. José Peseiro ainda anda à procura do melhor onze porque a situação de Rafa não está resolvida. Se o campeão da Europa for embora, o treinador bracarense deve optar pelo 4x2x3x1 com apenas Hassan no ataque. O 4x4x2 só será possível caso Rafa permaneça no clube porque não existem opções válidas para os flancos, apesar da valia de Wilson Eduardo. 

Premier League. Blues estão de volta ao topo do futebol inglês

3ª jornada

Chelsea 3 Burnley 0

Golos: Hazard, Willian, Victor Moses

Os blues venceram pela terceira vez e estão na liderança do campeonato com a companhia dos clubes de Manchester. O técnico italiano montou uma equipa segura, rápida e eficaz, sem ter feito grandes mexidas no plantel, que contou com a entrada de N´Golo Kanté. Talvez seja o segredo para o bom início de prova...

Neste jogo, o belga Hazard e Willian estiveram em destaque numa equipa que tem as mesmas armas de Manchester City e Manchester United. 

O Chelsea deu um sinal à concorrência que pretende voltar a conquistar o campeonato. 

Liga NOS. Três pontos que caíram do céu

3ª jornada

Tondela 0 Belenenses 1

Golo: Fábio Sturgeon
MVP: Pica - Fábio Sturgeon

A primeira vitória de Júlio Velázquez nesta temporada chega à terceira jornada frente ao Tondela. As duas equipas continuam a não mostrar dotes futebolísticos, falhando de forma incrível as poucas ocasiões de golos que criam em cada partida. 

O desafio no campo do Tondela foi mau, com constantes interrupções. A culpa é dos dois lados por não terem material para fazerem melhor. É verdade que o Belenenses tem Miguel Rosa, Sturgeon e Gerso. Os dois últimos estiveram envolvidos no lance do golo, enquanto Pité era o melhor dos visitados. No entanto, as boas exibições no Rio de Janeiro não motivaram o futebolista. 

Os três pontos caíram do céu ao Belenenses, mas pode ser que seja o elemento fundamental para haver um click positivo nos lisboetas. O Tondela volta ficar perto da zona de despromoção. 

Premier League. Campeões conquistam primeira vitória

3ª jornada

Leicester 2 Swansea 1

Golos: Vardy, Wes Morgan - Leroy Fer

As raposas conquistaram o primeiro triunfo no campeonato, após uma derrota e um empate. Os três pontos sobre o Swansea retiram pressão sobre a equipa de Claudio Ranieri. 

O triunfo começou a ser construído por Jamie Vardy, tendo Wes Morgan marcado o segundo golo. O 2-1 por Leroy Fer aos 80 minutos manteve a incerteza no resultado, mas os pontos ficam no King Power Stadium. 

O Leicester tem tempo para fazer algumas alterações na equipa, nomeadamente no miolo, se quiser lutar com os principais emblemas ingleses. 

Premier League. Calculismo não permitiu mais golos

3ª jornada

Tottenham 1 Liverpool 1

Golos: Danny Rose - James Milner


Um bom confronto entre equipas que desejam os primeiros lugares da classificação, mas estão a ter dificuldades neste início de temporada. 

Não houve espectacularidade como se previa por causa dos receios dos dois treinadores. O Liverpool chegou à vantagem através de uma grande penalidade convertida por James Milner antes do intervalo. No segundo tempo só atacou pela certa, algumas vezes com sucesso com Lallana e Firmino nos principais papeis. O Tottenham manteve a maior parte dos jogadores da temporada passada, mas não conseguiu jogar como queria. Não vale a pena ter Lamela, Eriksen, Danny Rose e Harry Kane se o adversário tem capacidade para anular os pontos fortes. 

O calculismo de ambas as formações não permitiu grandes ocasiões de golo. 

Liga NOS. Futebol de ataque no castelo de Guimarães

3ª jornada

Vit.Guimarães 5 Paços de Ferreira 3

Golos: Marega 2, Hurtado, Soares, Mateus a.g. - Pedrinho Moreira 2, Andrézinho
MVP: Marega - Pedrinho Moreira

Um grande jogo em Guimarães que abre o apetite para um jornada cujo prato principal é o clássico entre leões e dragões. O nível do futebol promete aumentar neste campeonato se as equipas contribuírem para o espectáculo. 

Os vimaranenses começaram a perder no primeiro minuto, mas deram a volta ao resultado no intervalo. No entanto, os momentos de magia aconteceram na segunda parte entre o minuto 49 e o 63 com três golos e jogadas fantásticas dos homens mais criativos de Pedro Martins. O técnico não vai jogar sempre desta forma, mas a ambição de vencer é demonstrada no onze inicial. Ninguém tem dúvidas que o Vitória vai jogar para os três pontos sempre que estiver na condição de favorito.

Os elementos do ataque têm enorme qualidade. Marega e Soares são goleadores, enquanto Raphinha e Hurtado desequilibram. Ainda há Bernard e Hernâni para voltarem a levantar o Afonso Henriques. 

Os pacenses ainda esboçaram uma reacção com dois golos de Pedrinho Moreira. O golo marcado no primeiro minuto foi fatal porque permitiu descortinar as fragilidades defensivas. Carlos Pinto tem muito trabalho pela frente, apesar dos três golos. 

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Sporting x FC Porto


A 3ª jornada marca a estreia dos clássicos portugueses nesta temporada. O desafio tem sempre motivos de interesse, mesmo que as equipas não estejam na forma ideal. No entanto, existe um aliciante extra para os jogadores se empenharem no próximo domingo em Alvalade. O vencedor da partida fica isolado campeonato, podendo saborear a posição durante quinze dias. O problema é que o empate permite a aproximação do Benfica, em caso de vitória dos encarnados na Madeira frente ao Nacional.

O leão Pedro Oliveira entende que o jogo é "importante porque permite a liderança isolada", embora considere que seja "cedo para ter qualquer influência no resto do campeonato". Por seu lado, José Maria Montenegro garante que o triunfo tem o condão de "embalar o FC Porto por causa dos efeitos psicológicos". O adepto portista realça a forma como a equipa de Nuno Espírito Santo se tem apresentado no relvado nos dois jogos do campeonato e no play-off da Champions League.

Os dois concordam que as equipas estão num bom momento. Pedro Oliveira garante que o Sporting "está a crescer" e José Maria Montenegro destaca o "momento animador", embora deseje maior "consistência" ao futebol dos dragões. 

Neste momento da temporada ainda existem problemas por resolver que podem ser aproveitados pelos adversários durante a partida. Os pontos fracos de Sporting e FC Porto estão relacionados com o fecho do mercado. O sportinguista entende que a defesa é o principal problema dos dragões. José Maria Montenegro assume que o sector defensivo ainda "se está a ambientar". A eventual saída de Slimani é apontado pelo portista como um factor negativo na equipa leonina porque "não existe substituto à altura"

As equipas não estão na forma ideal, pelo que, é inevitável que surjam lances individuais. Pedro Oliveira acredita na consistência oferecida por Adrien Silva à equipa, enquanto José Maria Montenegro aposta nos dois homens do momento no Dragão. André Silva e o brasileiro Otávio.

Melhor jogador da 2ª Jornada


O sportinguista Adrien Silva ganhou a eleição para melhor jogador da 2ª jornada. O único voto que se registou foi para o capitão do Sporting.

O campeão europeu marcou o único golo da vitória do Sporting contra o Paços de Ferreira, que garantiu a liderança partilhada com o FC Porto na véspera da recepção ao FC Porto em Alvalade. Tendo em conta que Adrien gosta dos grandes palcos, de certeza que vai dar tudo no jogo do próximo domingo.

O jogador do Sporting junta-se a André Horta na eleição para o melhor jogador do mês de Agosto, restando saber quem será o melhor da terceira ronda. 

Notas da Semana

Homem do Jogo

Nuno Espírito Santo - O técnico português conseguiu três vitórias e um empate nos dragões. Uma excelente entrada de um jovem treinador com muita qualidade, mas tem o maior desafio da carreira, sabendo que não pode falhar. O grande mérito de Nuno tem sido transformar para melhor uma equipa que jogava pouco. Não houve grandes aquisições nem revoluções no plantel. Apenas e só mudança de mentalidade. 


Nota Intermédia

Leicester - O campeão inglês ainda não venceu no campeonato. No entanto, o empate contra o Arsenal é sempre um bom resultado, embora seja sempre exigido mais aos detentores dos títulos. Pelo contrário, não parece que se cumpra a profecia de alguns que querem o clube a lutar pela manutenção.


Fora-de-Jogo

Arsene Wenger  - O técnico do Arsenal continua sem convencer. Os gunners perderam em casa e empataram contra o campeão. Nos dois jogos notou-se a limitação da equipa. Não chega ter nomes conceituados para se fazer uma verdadeira equipa.

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Champions League. Vitória no prolongamento garante regresso à fase de grupos

Play-Off 2ª Mão

Red Bull Salzburg 1 Dinamo Zagreb 2

Golos: Lazaro - Fernandes, Soudani

Um jogo muito interessante com necessidade de prolongamento porque as equipas marcaram dois golos nas duas eliminatórias. No entanto, o tento de Soudani aos cinco minutos do prolongamento resolveu a questão. A partir desse momento, os austríacos não conseguiram desbloquear a poderosa defesa croata. 

O Dinamo Zagreb volta a marcar presença na fase de grupos e espera cometer o feito de ultrapassar a fase de grupos. 


Champions League. Copenhaga garante apuramento no final do jogo

Play-Off, 2ª Mão

Apoel Nicosia 1 FC Copenhaga 1

Golos: Sotiriou - Santander

O Apoel dominou a partida, mas falhou o apuramento porque Santander marcou a quatro minutos do final do desafio. A ida para o prolongamento estava assegurada, mas uma desconcentração da defesa cipriota permitiu o empate e a qualificação dos dinamarqueses devido ao golo obtido na primeira mão. 

O Copenhaga chega pela segunda vez à fase de grupo após a participação em 2013-2014.

Champions League. Citizens confirmam mais um apuramento

Play-Off 2ª Mão

Manchester City 1 Steaua Bucareste 0

Golo: Delph

Os citizens confirmaram o apuramento para a fase de grupos com uma vitória. Guardiola utilizou alguns jogadores menos conhecidos para a recepção aos romenos. A experiência correu bem para Delph que marcou o golo da vitória, colocando a eliminatória em 6-0. 

Champions League. Rostov esteve sempre por cima dos holandeses

Play-Off 2ª Mão

Rostov 4 Ajax 1

Golos: Azmoun, Erokhin, Noboa, Poloz - Klaassen

Os russos fuzilaram o Ajax e seguem para a fase de grupos da competição. Uma exibição notável de uma equipa que está a crescer na Rússia. Não deu hipóteses aos jovens holandeses, mesmo estando em vantagem após o empate em Amesterdão na primeira mão.

O Rostov promete ser uma das surpresas da fase de grupos. 

Champions League. Goleada garante segunda presença consecutiva na competição

Play-Off 2ª Mão

Borussia Monchengladbach 6 Young Boys 1

Golos: Hazard 3, Raffael 3 - Ravet

Os alemães despacharam o Young Boys com 9-2 na eliminatória, sendo que, a goleada em casa é um bom aperitivo para os adeptos antes de começar o campeonato. 

A vitória teve início aos 9 minutos e só parou aos 84 com o terceiro golo de Hazard. Pelo meio, Ravet ainda marcou o golo de honra. 

O Borussia está na fase de grupos pela segunda temporada consecutiva, tentando fazer melhor do que na temporada passada onde ficou em quarto lugar no grupo. 

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Champions League. Ludogorets assegura segunda presença na fase de grupos

Play-Off 2ª Mão

Viktoria Plzen 2 Ludogorets 2

Golos: Duris, Mateju - Misidjan, Keseru

Um grande jogo de futebol com duas equipas a procurarem o apuramento, embora os búlgaros tivessem dois golos de vantagem, que lhes permitiu mais tranquilidade. O primeiro golo dos checos causou emoção no estádio. Os adeptos empurraram a equipa que já esteve na fase de grupos da competição, o que nestes momentos, é sempre importante.

O Ludogorets conseguiu marcar sempre depois do adversário, não desistindo do empate porque o golo da tranquilidade surgiu aos 95 minutos por Keseru. Os búlgaros garantiram a presença na fase de grupos pela segunda vez. 

Champions League. Dundalk assustou polacos até final do jogo

Play-Off 2ª Mão

Légia Varsóvia 1 Dundalk 2

Golos: Kucharczyk - Benson

O golo de Benson aos 19 minutos provocou ansiedade nos espectadores polacos, já que, novo tento do Dundalk daria apuramento em virtude dos golos marcados fora de casa. 

Os irlandeses tentaram marcar, colocando o adversário sob brasas. A diferença entre as equipas foi menor do que sucedeu no jogo da primeira mão. Os polacos só descansaram aos 92 minutos com o golo de Kucharczyk.

Champions League. Israelitas estiveram perto do objectivo

Play-Off 2ª Mão

Hapoel Beer Sheva 2 Celtic 0

Golos: Sahar, Hoban

Os israelitas estiveram perto do empate na eliminatória, mas a vantagem do Celtic obtida na primeira mão era suficiente para garantir a passagem à fase de grupos. Contudo, fica a reacção positiva de querer ultrapassar o adversário. A despromoção para a Liga Europa pode ser importante para o desenvolvimento do futebol do clube perante oponentes mais acessíveis. 

Champions League. Leonardo Jardim também vai disputar a fase de grupos

Play-Off 2ª Mão

Mónaco 1 Villarreal 0

Golo: Fabinho

A equipa de Leonardo Jardim confirmou o apuramento para a fase de grupos após ter ganho em casa. A grande penalidade convertida por Fabinho só apareceu nos minutos finais, mas a vitória premeia a melhor equipa nas duas eliminatórias. 

O brasileiro também marcou a grande penalidade na primeira mão.  

Champions League. Dragões arrumaram com italianos aos oito minutos

Play-Off 2ª Mão

AS Roma 0 FC Porto 3

Golos: Felipe, Layun, Corona

Os dragões beneficiaram das duas expulsões dos jogadores da casa, mas o golo de Felipe aos oito minutos matou a eliminatória. Ninguém tira valor aos jogadores da equipa italiana, mas os portistas estão a crescer, em particular no meio-campo onde Otávio é o cérebro. 

A reacção dos italianos ao golo foi tímida por causa da organização portuguesa, notando-se o dedo do treinador. A velocidade é a grande alteração relativamente à temporada passada, já que, os jogadores são praticamente os mesmos, à excepção do sector defensivo. 

O técnico Nuno Espírito Santo conquista o primeiro objectivo da temporada, consumando o quarto jogo sem perder, porque soma duas vitórias e o mesmo número de empates. 

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

2ª jornada



Os resultados do fim-de-semana levaram o FC Porto e o Sporting ao topo da classificação. O Benfica empatou com o V.Setúbal em casa e o Sp.Braga também perdeu dois pontos contra o Rio Ave. 

A liderança do campeonato vai ser discutida na próxima jornada na visita dos dragões a Alvalade. Quem vencer fica na liderança durante quinze dias porque o campeonato pára no primeiro fim-de-semana de Setembro devido aos jogos das selecções, pelo que, o vencedor do jogo de Alvalade começa a sentir mais tranquilidade. Em caso de empate, podemos ter várias formações no topo porque existem 5 equipas com 4 pontos. 

Neste momento, só há três equipas com zero pontos, embora o Nacional tenha menos um jogo. O facto de apenas três formações não terem pontos pode ser um bom indício na vontade dos clubes conquistarem a vitória. Uma nota para o primeiro triunfo do Arouca conquistado com qualidade de jogo.

Melhor jogo:
Marítimo -V.Guimarães
Os vimaranenses impuseram-se com tranquilidade nos Barreiros e demonstraram que os jogadores são ambiciosos, apesar da juventude. O 4x3x3 de Pedro Martins será uma das grandes surpresas do campeonato. Os madeirenses tentaram, a espaços, marcar, mas ainda falta muito trabalho por Paulo César Gusmão.

Melhor equipa
Arouca
O quinto classificado da temporada anterior voltou ás boas exibições após a derrota no Bessa em pleno play-off da Liga Europa. O meio-campo da equipa faz inveja a outras formações do nosso campeonato pela qualidade técnica e táctica. Lito Vidigal trabalha bem um conjunto que merecia mais público no estádio.

Sinal +

FC Porto e Sporting - Os dois grandes vão disputar o primeiro lugar na próxima jornada, aumentando o interesse na competição desde o início. 

Sinal - 

Marítimo - A equipa madeirense soma duas derrotas e cinco golos sofridos, não tendo marcado nenhum. As contratações não parecem oferecer resultados no curto prazo. 

Liga NOS. Empate não satisfez adeptos bracarenses

2ª jornada

Sp.Braga 1 Rio Ave 1

Golos: Stoilijkovic - Pedro Moreira
MVP: Stoilijkovic - Pedro Moreira

No início das competições é sempre complicado fazer uma análise sobre a forma das equipas. Os bracarenses dão sinais de alguma instabilidade que preocupam os adeptos porque são semelhantes a alguns erros verificados em temporadas transactas. A reacção ao golo sofrido foi muito boa, tendo alcançado o empata de forma justa. No entanto, a Pedreira não está toda com o treinador apesar da importante vitória em Guimarães. 

A táctica de Peseiro assenta num equilíbrio da equipa sem arriscar muito. A saída de Rafa obriga o técnico a ser mais comedido, já que, não tem nenhum génio. Pedro Santos fez duas grandes exibições, mas não tem a qualidade técnica do futuro jogador do Benfica. Os assobios da bancada mostram a desconfiança que existe em relação ao treinador. 

O Rio Ave melhorou a produção ofensiva tendo em conta o jogo da ronda inaugural e os desafios europeus. O tempo será o maior amigo de Nuno Capucho.

2ª jornada


A segunda jornada reduziu os líderes a quatro equipas. As duas equipas de Manchester, Hull e o Chelsea venceram os dois jogos do campeonato, sendo que, City e United também têm a mesma diferença de golos marcados e sofridos, embora os citizens foram mais vezes à baliza dos adversários. 

Os primeiros jogos demonstraram a força da equipa de Guardiola e Mourinho devido ao poderio ofensivo. As estrelas das equipas, como Aguero, Ibrahimovic, Wayne Rooney e David Silva, estão com o pé quente neste início. 

No plano negativo continuam o Leicester, Liverpool e Arsenal. Os campeões não venceram, mas estiveram bem contra os gunners. A equipa de Wenger só tem um ponto. Por seu lado, o Liverpool perdeu no terreno do Burnley depois de ter vencido o Arsenal no Emirates. As três formações continuam irregulares, sendo necessário aproveitar o final do mercado para se reforçarem. 

Uma nota para a boa forma do Middlesborough. O clube promovido conta com Negredo e Stuani no plantel e o Everton de Ronald Koeman parece ser uma equipa equilibrada. 

FA CUP. Primeiro jogo no Canal da Mancha termina empatado

Ronda Preliminar

Guernsey FC 2 Thamesmead Town 2

Golos: Rihoy 2 - Vines, Mahoney

O encontro entre o Guernsey FC e o Thamesmead Town fica na história da Taça de Inglaterra por ter sido o primeiro realizado na Ilha de Guernsey, que fica situada no Canal da Mancha.

O clube local defrontou o Thamesmead Town na Ronda Preliminar da competição. Os visitantes começaram bastante bem com dois golos em 23 minutos, mas o Guernsey chegou ao empate. Nos minutos 61 e 85, Rihoy conseguiu equilibrar o resultado. 

O vencedor da eliminatória será encontrado na terça-feira no jogo de desempate em casa do Thamesmead. Se o Guernsey passar à próxima fase pode colocar o Canal da Mancha no mapa do futebol britânico. 

domingo, 21 de agosto de 2016

Eredivisie. Feyenoord ainda não sofreu golos em três jogos

3ª jornada

Heracles 0 Feyenoord 1

Golo: Ahmadi

O Feyenoord assumiu a liderança do campeonato, embora com a companhia do PSV e do Den Haag. No entanto, a equipa de Roterdão tem melhor diferença de golos, à custa de não sofrido qualquer tento nas três jornadas. 

Uma vitória tranquila construída por um golo de Karim El Ahmadi aos 29 minutos. O controlo do desafio pertenceu sempre aos visitantes, que não permitiram a reacção do Heracles. 

Apenas no final do desafio, dois cantos fizeram Giovanni Van Bronckhorst estremecer. 

La Liga. Colchoneros já estão ao nível dos eternos rivais

1ª jornada

Atlético Madrid 1 Alavés 1

Golos: Kevin Gameiro - Manu Garcia

O golo de Manu Garcia aos 94 minutos penaliza o excelente jogo dos colchoneros. Mesmo o 1-0 obtido por grande penalidade de Kevin Gameiro dois minutos antes era um resultado pouco condizente com o que se passou no terreno de jogo, já que, o domínio dos homens liderados por Diego Simeone foi total. Os dois pontos perdidos na primeira jornada não têm significado.

O técnico colchonero pode dar-se ao luxo de ter Torres e Gaitán e nem sequer convocar Griezmann. Também há Oliver Torres para qualquer ocasião. Neste jogo contra o regressado Alavés, Ferreira-Carrasco, Kevin Gameiro e Saúl Ñiguez foram os atacantes, mas existe mais craques com qualidade para colocar o Atleti no topo em qualquer competição. Uma nota para a grande forma física de Tiago, apesar da lesão grave que sofreu e de ter 35 anos.

A equipa madrilena está mais perto de Real e Barcelona, aumentando a competitividade da liga espanhola, mas também o desequilíbrio na competição porque clubes tradicionais como o Villarreal, Sevilha e Valência não conseguem chegar aos calcanhares dos colchoneros.

La Liga. Gareth Bale ganha vantagem sobre CR7

1ª jornada

Real Sociedad 0 Real Madrid 3

Golos: Gareth Bale 2, Asensio

O galês Gareth Bale perdeu as meias-finais do Euro 2016 para Cristiano Ronaldo, mas acredita que pode ser melhor que o português na liga espanhola. Na estreia, aproveitou a ausência do campeão europeu para se adiantar na lista dos goleadores do clube. A luta não é com o companheiro de equipa, mas com o trio do Barcelona, que marcou 5 nesta ronda. No entanto, os merengues não puderam contar com Ronaldo e Benzema, enquanto os campeões espanhóis só não tiveram Neymar. 

As crónicas dos jogos do Real servem apenas para destacar os feitos individuais dos craques, porque em termos colectivos começam a ter pouca história. 

Um triunfo fácil do Real em San Sebástian, que contou com o aparecimento de uma nova estrela. Asensio tem vontade de fazer parte do campeonato entre BBC e MSN.

Liga NOS. Campeões só carregaram no final da partida

2ª jornada

Benfica 1 V.Setúbal 1

Golos: Raúl Jiménez - Frederico Venâncio
MVP: Raúl Jiménez - Frederico Venâncio

Os encarnados perderam dois pontos na recepção ao V.Setúbal, num jogo que contou com a presença de 65 mil espectadores na esperança de iniciar o campeonato em casa com uma vitória. O triunfo fugiu devido à qualidade dos sadinos, mas também por causa das defesas de Bruno Varela. 

O técnico benfiquista optou por colocar Pizzi nas costas de Mitroglou para Salvio jogar numa ala. Horta continuou no miolo. O Benfica carregou, mas sem sufocar, permitindo ao V.Setúbal criar lances de perigo. A equipa sadina composta por jogadores portugueses está bem trabalhada por Couceiro, restando saber se o técnico consegue chegar ao fim da temporada. 

O golo de Frederico Venâncio despertou Rui Vitória, que lançou Gonçalo Guedes e Raúl Jiménez. Os dois foram fundamentais. O português sofreu a grande penalidade que Jiménez converteu. Nos últimos segundos, Grimaldo e Lindelof poderiam ter feito o 2-1, mas os setubalenses foram recompensados pela forma como se apresentaram na Luz.

Liga NOS. Vitória construída aos 30 minutos

2ª jornada

Arouca 2 Nacional 0

Golos: Crivellaro, Zequinha
MVP: Zequinha - Salvador Agra

O Arouca não teve dificuldade em vencer os madeirenses. O resultado foi construído nos primeiros minutos de jogo e depois geriu o desafio, já que, na próxima quinta-feira tem um jogo muito importante. O Nacional tentou reagir, sobretudo após o intervalo, com destaque para Salvador Agra. 

A exibição da equipa de Lito Vidigal foi bastante superior à realizada no Bessa e na última quinta-feira contra o Olympiacos. A qualidade individual do meio-campo é um factor que vai desequilibrar alguns jogos com formações do mesmo nível. O Nacional ainda só realizou o primeiro jogo, mas confirma-se que será complicada chegar aos lugares europeus. 

Liga NOS. Francisco Geraldes assume destaque no Moreirense

2ª jornada

Feirense 0 Moreirense 3

Golos: Roberto, Marcelo Oliveira, Francisco Geraldes
MVP: Platiny - Francisco Geraldes

Os cónegos estiveram sempre por cima contra o Feirense. A equipa de Pepa evolui do primeiro para o segundo jogo. Os visitados raramente descobriram o caminho para o golo, estando bastante abaixo daquilo que fizeram no Estoril. O único que tentou causar perigo na baliza adversária foi Platiny.

A presença de Francisco Geraldes no onze dos cónegos garante maior pendor ofensivo. A qualidade técnica e visão de jogo do jogador será importante para os objectivos do clube. 

sábado, 20 de agosto de 2016

La Liga. Blaugrana começam defesa do título com goleada

1ª Jornada

Barcelona 6 Bétis 2

Golos: Luís Suárez 3, Leonel Messi 2, Arda Turan - Rúben Castro 2

Os catalães começam a nova temporada da mesma forma que terminaram a anterior. A goleada imposta ao Bétis mostra vontade dos jogadores renovarem o título, sabendo que os rivais também não irão facilitar, pelo que, importa mostrar quem manda. O trio MSN não está completo por causa da ausência de Neymar nos Jogos Olímpicos, mas Messi e Suárez trataram do assunto em conjunto com o turco Arda Turan.

O Bétis ainda empatou o jogo, mas a alegria durou pouco tempo. Os jogadores do Barça são mesmo de outro planeta. 

Liga NOS. André Silva vale mais três pontos

2ª jornada

FC Porto 1 Estoril 0

Golo: André Silva
MVP: André Silva - Dankler

O empate do Estoril no Dragão estava praticamente consumado, mas André Silva confirmou que será o ponta-de-lança da selecção nacional, embora Éder tenha sempre um lugar na história por aquilo que fez no Euro 2016. 

O FC Porto caminha para a forma ideal, embora Nuno Espírito Santo venha a ter algumas dores de cabeça, nomeadamente a nível do meio-campo onde moram os mesmos jogadores da temporada passada. O técnico acredita que pode elevar a qualidade dos actuais jogadores do plantel. A única mudança relativamente à temporada passada é a vontade demonstrada pelos intérpretes. Neste momento até Adrián tem direito a minutos de jogo.

Os dois sucessos no campeonato não disfarçam a necessidade de contratar um jogador de topo para aquela zona do terreno. Talvez seja Oliver Torres...

Liga NOS. Leões cumprem serviços mínimos na capital do móvel

2ª jornada

Paços de Ferreira 0 Sporting 1

Golo: Adrien Silva
MVP: Andrézinho - Adrien Silva

Os leões continuam a vencer tranquilamente, mantendo o mesmo padrão da temporada passada, embora sem dois jogadores fundamentais como João Mário e Teo Gutierrez. A verdade é que Alan Ruiz e Gelson Martins estão a cumprir o papel delineado por Jorge Jesus. A chegada de novos reforços pode garantir mais equilíbrio durante a época. Uma nota para a boa forma dos campeões europeus, Adrien Silva e William Carvalho que não acusaram a presença no Euro 2016.

Os pacenses confirmaram as dúvidas da primeira ronda por causa da inclusão dos novos jogadores. 

Premier League. Falso arranque do 1º e 2º classificados da temporada passada

2ª jornada

Leicester 0 Arsenal 0


As duas equipas empataram o que poderia ser um bom resultado. No entanto, a derrota de ambas na primeira ronda atrasa as raposas e os gunners na luta pelo título porque as formações da frente vão ganhar confiança. Ao invés, as exibições nas duas jornadas merecem reflexão interna. 

O Arsenal continua a ter qualidade individual, mas Arsene Wenger prefere fazer experiências durante a prova. Neste jogo colocou Ozil e Giroud no banco. O Leicester tem a mesma filosofia de jogo que deu o primeiro título, estando dependente a nível ofensivo da criatividade de Mahrez e da finalização de Vardy. Curiosamente os dois jogadores tiveram propostas do Arsenal porque o jogo que privilegia o toque de bola e as tabelas necessitam de jogadores com mais capacidade que o alemão e o francês.

O primeiro e segundo lugar da temporada passada precisam de fazer bastante se quiserem estar ao nível dos dois clubes de Manchester.